Topo

Coluna

Flávio Ricco


Transmissão de futebol também tem forte disputa na internet

Bola em disputa durante partida entre Fluminense e Corinthians - REUTERS/Pilar Olivares
Bola em disputa durante partida entre Fluminense e Corinthians Imagem: REUTERS/Pilar Olivares
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

02/09/2019 00h05

A moda agora é a transmissão de futebol pela internet, na paralela do rádio, com uma disputa que vai se tornando cada jogo mais intensa pelo número de visualizações.

Fluminense e Corinthians, na quinta-feira, pela Copa Sul-Americana, que não teve televisão, foi uma loucura.

Instagram
Imagem: Instagram

Entre o pessoal de São Paulo, a rádio do Neto passou de 1,4 milhão, contra 1,1 milhão da Jovem Pan e 746 mil da Bandeirantes.

E, fora essas três, ainda tem a Transamérica FM também correndo por fora.

Uma competição que já envolve distribuição de prêmios e, em alguns casos, lances parecidos aos dos tradicionais leilões, tamanha a quantidade de apelos para aumentar a quantidade de pessoas acompanhando.

Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco