Topo

Coluna

Flávio Ricco


A Dona do Pedaço: Josiane vira vendedora de peixe, mas não perde a pose

Agatha Moreira em cena de A Dona do Pedaço  - Estevam Avellar TV Globo
Agatha Moreira em cena de A Dona do Pedaço Imagem: Estevam Avellar TV Globo
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

06/10/2019 00h05

Olha aí a cara de "felicidade" da vilã Josiane, personagem de Agatha Moreira em "A Dona do Pedaço", em seu primeiro dia de trabalho como vendedora em uma barraca de peixe! A cena está prevista para ir ao ar a partir do dia 9 de outubro.

Na história, Carmelinda (Elizangela) consegue um emprego para a filha de Maria da Paz (Juliana Paes) na referida barraca após algumas tentativas frustradas de encontrar algo melhor.

Em determinado momento, Marlene (Suely Franco) ficará surpresa ao encontrar a jovem por lá, porém, Josiane vai tentar manter a pose, uma vez que não possui mais uma vida de milionária.

A personagem, no entanto, poderá se ver livre de vez das ações de Fabiana (Nathalia Dill), sua grande inimiga na trama.

Tudo terá início a partir da entrada de Bruno Gissoni na novela, interpretando William, seu vizinho no prédio de Carmelinda (Elizangela).

O rapaz é um hacker que aceita fazer serviços sujos pedidos pela filha de Maria da Paz. Ele será apresentado à vilã por Carmelinda, que se tornará uma importante aliada.

A pedido de Jô, William irá espalhar fake news sobre Régis (Reynaldo Gianecchini) e também ajudará a vasculhar o celular de Fabiana e assim encontrar as fotos que a incriminam.

Em troca dos trabalhos, o rapaz pedirá nada menos do que uma noite quente com a vilã e os dois acabarão se envolvendo.
Gissoni é irmão de Rodrigo Simas, atual namorado de Agatha. Nos próximos capítulos, a vilã estará às voltas com várias dificuldades, prisão incluindo, e terá que pedir perdão à mãe para não afundar mais ainda.

*Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco