Topo

Coluna

Flávio Ricco


Apagada, Juliana Paes tornou-se desnecessária em "A Dona do Pedaço"

Juliana Paes, a Maria da Paz em "A Dona do Pedaço" - Victor Pollak/TV Globo
Juliana Paes, a Maria da Paz em "A Dona do Pedaço" Imagem: Victor Pollak/TV Globo
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

26/10/2019 00h05

É curioso observar que em "A Dona do Pedaço", nos seus últimos capítulos, considerando os segredos a serem desvendados, nenhum de grande importância envolve a protagonista Juliana Paes, intérprete de Maria da Paz.

As principais emoções estão sendo reservadas para outros personagens, vividos por Nathalia Dill, Paolla Oliveira e Agatha Moreira, principalmente.

Daí se conclui que Maria da Paz, muito por causa dos caminhos que a história enveredou, está longe de ser guardado como um dos melhores papéis de Juliana em sua carreira.

Desde o começo até agora foram muitos os desencontros. E, em certo momento da narrativa, ela tornou-se até desnecessária.

Uma situação bem diferente da observada em seu trabalho anterior, "A Força do Querer", de Gloria Perez, no qual brilhou como a Bibi Perigosa.

Verdade é que existem personagens e personagens.

Colaborou José Carlos Nery

Ouça o podcast UOL Vê TV, a mesa-redonda sobre televisão com os colunistas Chico Barney, Flávio Ricco e Mauricio Stycer. Os podcasts do UOL estão disponíveis em https://noticias.uol.com.br/podcasts/, no Spotify, Apple Podcasts, Google Podcasts e outras plataformas de áudio.

Flávio Ricco