PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Mauro Naves participa da "Mesa" da Gazeta e realiza antigo sonho

Mauro Naves é o convidado do "Mesa Redonda", neste domingo, na TV Gazeta - Instagram
Mauro Naves é o convidado do "Mesa Redonda", neste domingo, na TV Gazeta Imagem: Instagram
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

02/02/2020 10h12

Resumo da notícia

  • Jornalista deixou a TV Globo em julho do ano passado
  • Há 30 anos, quando chegou a São Paulo, tornou-se telespectador do programa
  • No gênero, o "Mesa Redonda" é considerado o programa mais antigo da TV brasileira

Mauro Naves, como convidado especial, vai participar do "Mesa Redonda", na noite deste domingo, na TV Gazeta.

Desde que deixou a TV Globo, em julho do ano passado, depois de mais de três décadas de trabalho, criou-se uma enorme expectativa sobre o seu próximo passo profissional.

Assim como são muitos os chamados de outras TVs e convites para participações em programas, que ele tem procurado atender sempre que possível.

Recentemente, por exemplo, esteve no "Os Donos da Bola"", da Band.

Hoje, como ele próprio revela, "vou realizar um desejo antigo: participar do 'Mesa Redonda', da TV Gazeta.

E, admite, "desde cheguei a São Paulo, há mais de trinta anos", me tornei telespectador assíduo".

O "Mesa Redonda" surgiu na década de 70, na ocasião com Milton Peruzzi e alguns dos mais importantes jornalistas esportivos da época. Peirão de Castro, José Italiano, Barbosa Filho, Roberto Petri e Galvão Bueno, entre outros.

Inicialmente ia ao ar às segundas-feiras e, no gênero, é considerado o mais antigo da televisão brasileira.

Depois, nos anos 1980 e já aos domingos, Roberto Avallone assumiu o seu comando e, desde 2003 para cá, é apresentado por Flávio Prado, com as participações de Michelle Giannella e Chico Lang.

Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco