PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


SBT fica quase um trimestre inteiro só com reprises e "melhores momentos"

Rachel Sheherazade, do jornalismo do SBT - Divulgação
Rachel Sheherazade, do jornalismo do SBT Imagem: Divulgação
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

08/02/2020 00h06

As produções do SBT já voltaram a trabalhar, depois das férias de janeiro, mas que, na prática, tiveram início em meados de dezembro.

Porém, as gravações de todos os programas - exceção ao jornalismo e "Fofocalizando", continuam suspensas e só serão reiniciadas em março.

Resta saber se essa que já é uma "parada regulamentar" poderá compensar possíveis perdas na audiência. Audiência, que em se tratando de televisão, é dinheiro. Aquilo que mais pesa no caixa.

De todas as grandes redes, incluindo Band e Rede TV! no meio delas, o SBT ainda é o único que adota essa prática de paralisar tudo antes do Natal e Ano Novo, fechar os estúdios e só retornar com inéditos em março.

Até lá, convencido que a redução de custos é bem representativa e compensadora, vai com reprises ou "melhores momentos", sem contemplar o seu telespectador com nenhuma novidade.

Mas não seria o caso de também levantar o que se perde com isso?

Questão comercial

Essa parada estratégica do SBT, que já vem de muitos anos, se dá porque os resultados comerciais dos meses de janeiro e fevereiro são tradicionalmente baixos.

Há o entendimento que a redução do custo operacional só é possível com o fechamento dos estúdios. Mas, claro, há controvérsias.

Passar a limpo

Depois de uma estreia das mais trágicas, foi possível verificar algum esforço em melhorar o "Fora de Hora", novo programa de humor da Globo.

Para ficar bom, no entanto, ainda falta muito. Talvez nem exista mais tempo para isso.

Por outro lado

Na mesma Globo são anunciadas novidades no "Zorra", em recesso, mas com volta prometida entre abril e maio.

As entradas de Marisa Orth e Diogo Vilela, considerando o histórico da carreira de cada um e a passagem dos dois no "TV Pirata", podem significar demais. Assim seja.

Paulo Vieira e Renata Gaspar do "Fora de Hora" - Reprodução / Internet
Paulo Vieira e Renata Gaspar do "Fora de Hora"
Imagem: Reprodução / Internet

Porém...

Ainda no campo do humor, é curiosa a insistência da maioria dos programas em fazer uma graça interna.

A impressão que passa é que só eles se divertem. Quem assiste passa de bobo.

Outro exemplo

"Tô de Graça", do Rodrigo Sant´Anna no Multishow, é outros desses que ninguém entende.

Verifica-se que há um esforço em ser engraçado, mas não consegue. Que fase!

Furo de reportagem

Aí o repórter da Band consegue entrar no hospital de Anápolis, onde vão ficar os brasileiros que virão da China.

E ele explica: "nesta cama aqui vai ficar a mãe e, neste berço, a criança". Você acha que poderia ser o contrário?

Vovó Poliana

Leitor da coluna, ao saber que Poliana, do SBT, agora, na próxima fase da novela, será uma mocinha, chamou atenção para o detalhe:

- do jeito que vai, até ficar velhinha, "ainda vamos ter muita novela pela frente. Já imaginou?".

Pagamento de break

Sem qualquer orientação de alguém responsável, existem programas que tentam melhorar as suas médias, pagando os breaks comerciais no começo ou final. Na seguidinha.

Uma prática condenável. Total desrespeito a quem anuncia e aos próprios telespectadores. "Superpop", da Rede TV!, e "Os Donos da Bola", na Band, são os que mais gritantes.

Paloma Duarte e Alanis Guillen de "Malhação" - João Miguel Júnior/TV Globo
Paloma Duarte e Alanis Guillen de "Malhação"
Imagem: João Miguel Júnior/TV Globo

Malhação

Em "Malhação: Toda Forma de Amar", as personagens Lígia e Rita, Paloma Duarte e Alanis Guillen, decidem se unir para propor na justiça a guarda compartilhada de Nina.

Ao mesmo tempo, tentam fazer com que Rui, Rômulo Arantes Neto, o pai biológico da criança, não fique sabendo do acordo. Cenas começam a ser exibidas na segunda-feira.

Feminino

A Band transmite neste domingo, a partir das 14h, pelo campeonato brasileiro feminino, Palmeiras e Corinthians.

Narração de Ulisses Costa, comentários de Alline Calandrini e reportagens de Chico Garcia.

Bate - Rebate

* Vale lembrar que neste domingo tem o "Oscar 2020"...

* ... Na Globo, irá ao o ar logo após Brasil x Argentina pelo Pré-Olímpico dos Jogos de Tóquio 2020...

* ... Porém, durante o "Fantástico", o repórter Tiago Eltz fará entradas ao vivo do tapete vermelho...

* ... Pelo terceiro ano consecutivo, a apresentação será de Maria Beltrão, com comentários da atriz Dira Paes e do jornalista Artur Xexéo.

* ... Por tudo isso, o "BBB20" começará às 21h45 e entregará para o futebol.

* ... Já o TNT, no "Oscar", promete entrar às 20h30, com o tapete vermelho, sob os cuidados de Hugo Gloss e Carol Ribeiro.

* Com o "BBB" bombando do jeito que está, a Globo poderá ter um fevereiro dos mais interessantes em audiência...

* ... Muito provavelmente o melhor dos últimos anos...

* ... O paredão de terça-feira chegou a 26 pontos, muito acima da média do horário.

* No ar, neste domingo, às 23h30, a oitava e última temporada de "Homeland"...

* ... Mas só para os assinantes da Fox Premium 2 e aplicativo da Fox.

* A atriz e jornalista Carol Marra será um dos destaques do "Baile Alto Rio", neste sábado, no Hotel Nacional do Rio de Janeiro.

* A série "Feita para Sonhar", com foco no público jovem, produzida pela LT3 Studios para as redes sociais, será exibida na Band...

* ... São cinco episódios, com 15 minutos de duração cada um, no ar partir do dia 29, 10h.

*Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco