PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


"Fina Estampa" quase virou "Marido de Aluguel" na Globo

Crô, de Marcelo Serrado, virou Ro em versão hispânica  - Divulgação
Crô, de Marcelo Serrado, virou Ro em versão hispânica Imagem: Divulgação
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

24/03/2020 00h05

Resumo da notícia

  • Novela de Aguinaldo Silva ganhou uma versão na Telemundo
  • Trabalho hispânico recebeu o título de "Marido en Alquiler"
  • Lá, o Crô de Marcelo Serrado virou "Ro"
  • Reprise estreia com 35 pontos em São Paulo, mesmo índice de Amor de Mãe

"Fina Estampa" no ar e seu autor, Aguinaldo Silva, relembra um episódio da versão hispânica da novela gravada pela Telemundo.

Lá, a emissora optou por não seguir a escolha daqui e batizou a trama de "Marido en Alquiler" (Marido de Aluguel).

Esse título também seria adotado no Brasil. No entanto perdeu força na reta de chegada e deu lugar a "Fina Estampa".

A versão hispânica foi gravada no sul da Flórida e reuniu um elenco internacional.

A atriz americana que cresceu e atuou na Venezuela, Sonya Smith, fez Griselda, papel de Lília Cabral.

O argentino Juan Soler interpretou Reinaldo Ibarra (Renê Velmont/Dalton Vigh).

Tereza Cristina (Christiane Torloni) foi representada pela colombiana Maritza Rodriguez.

O mordomo Crô(Marcelo Serrado), na versão da Telemundo foi feito pelo cubano Ariel Texido, mas conhecido como "Ro".

Dados consolidados

A estreia de "Fina Estampa" rendeu bons índices de audiência tanto no Rio quanto em São Paulo, com 36 pontos de média (50% de share) e 35 pontos (com 51%), respectivamente.

O resultado igualou às médias de 'Amor De Mãe' nas 4 segundas-feiras imediatamente anteriores.

*Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco