PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Audiência da Globo dispara, ibope é maior do que todas as emissoras somadas

Nina (Débora Falabella), Max (Marcello Novaes) e Carminha (Adriana Esteves) em cena de "Avenida Brasil" - Reprodução / Internet
Nina (Débora Falabella), Max (Marcello Novaes) e Carminha (Adriana Esteves) em cena de "Avenida Brasil" Imagem: Reprodução / Internet
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL*

26/03/2020 00h05

Resumo da notícia

  • Crescimento da Globo se dá em todas as faixas de horário
  • Números têm se repetido todos os dias
  • Alguns fatores explicam este bom momento

Já de alguns dias, os resultados da Globo passaram a chamar atenção, porque o seu crescimento de audiência acontece de uma maneira muito uniforme e nas mais diferentes faixas de horário.

O último resultado conhecido, de terça-feira, mostra o que passou a se repetir com frequência nesses últimos tempos: os números da Globo são superiores ao de todas as outras emissoras somadas.

Média/Dia de 24 de março:

- Globo: 17,69

- SBT: 5,83

- Record: 5,77

- Band: 2,15

- Cultura: 1,08

- Rede TV!: 0.82

Como se observa, 17,69 contra 15,65.

Alguns pontos, segundo especialista em audiência ouvido pela coluna, merecem ser ressaltados, para explicar este atual momento:

* exibição de "Avenida Brasil" impulsionando o começo de noite

* muito jornalismo

* "Big Brother" fazendo a diferença na faixa noturna.

Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco