PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Flávio Ricco


Flávio Ricco

"Presenteado", afirma Dudu Azevedo sobre reprises de Jesus e Fina Estampa

Dudu Azevedo está em reprises de "Jesus" e "Fina Estampa" - Graça Paes/Zapp News
Dudu Azevedo está em reprises de "Jesus" e "Fina Estampa" Imagem: Graça Paes/Zapp News
Flávio Ricco

Jornalista, passou por algumas das mais importantes empresas de comunicação do país, como Tupi, Globo, Record e SBT. Dirigiu o "Programa Ferreira Netto" e integrou a equipe do "SBT Repórter". Escreve sobre televisão desde 2003. colunaflavioricco@uol.com.br

Colunista do UOL

03/05/2020 00h05

Resumo da notícia

  • Ator aparece em reprises de Record e Globo no mesmo horário
  • Dudu viveu o protagonista de "Jesus" e o lutador Wallace Mu em "Fina Estampa"
  • "Me sinto com grande sorte e presenteado com as duas reexibições", comemora o ator

Aos 41 anos, o ator carioca Dudu Azevedo está se aproximando da marca de 30 trabalhos na televisão, a maioria como ator, além de várias passagens pelo cinema. E é justamente na TV que ele passa por uma situação inusitada. Por causa da pandemia do novo coronavírus, as emissoras foram obrigadas a paralisar suas novelas inéditas e recorrer a reprises. De repente, Dudu se viu em duas delas: "Fina Estampa"(Globo), como o lutador Wallace Mu, e o protagonista de "Jesus"(Record) - no mesmo horário de exibição. O ator comenta essa situação.

Como é essa experiência de estar em duas grandes novelas, "Jesus" e "Fina Estampa", na mesma faixa de exibição?

DA Vejo com ótimos olhos estar em duas novelas, em duas emissoras diferentes. Reconheço como um ótimo sinal de reconhecimento e claro, de prosperidade também. São muito diferentes os trabalhos e é uma chance de comunicar com públicos distintos. Na tristeza que estamos passando com tudo isso que acontece no mundo, me sinto com grande sorte e presenteado com as duas reexibições.

Como tem sido o período de isolamento?

DA Tenho seguido com o máximo rigor possível as recomendações da Organização Mundial da Saúde. Temos ficado em casa, não temos encontrado familiares nem amigos e principalmente, temos aprendido a superar e evoluir com tudo isso.

Quais seus planos após a pandemia?

DA Espero trabalhar em breve e muito, porque amo o meu trabalho e preciso estar ativo, produtivo, para estar realizado. Alguns planos e apontamentos, mas sem datas previstas por enquanto. Espero em breve podermos seguir em frente e melhores.

*Colaborou José Carlos Nery

Flávio Ricco