PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Leo Dias


Madrinha do Brasil nas Olimpíadas, Sabrina Sato fala de jogos adiados

Sabrina Sato será madrinha do Time Brasil em Tóquio - Divulgação
Sabrina Sato será madrinha do Time Brasil em Tóquio Imagem: Divulgação
Leo Dias

Leo Dias é jornalista e diretor-executivo do "TV Fama", da Rede TV!. Foi correspondente internacional da rádio portuguesa RDP, passou pelas TVs Bandeirantes e RedeTV! e apresentou um programa na rádio FM O Dia, líder de audiência no Rio de Janeiro, onde entrevistava políticos, jogadores de futebol, dirigentes e muitos artistas. Assinou uma coluna de celebridades no jornal "O Dia" e também esteve nos jornais "Extra" e nas revistas "Contigo", "Chiques e Famosos", "Amiga" e "Manchete". Apesar dessa experiência, sempre se definiu como repórter, tamanha paixão pela apuração da notícia e pela vontade em produzir conteúdos exclusivos. Polêmico, controverso e dono de uma forte personalidade, Leo conquistou um público cativo por dar notas explosivas e audaciosas num mundo artístico mais conservador. Seu lema: "A fama tem um preço estou aqui para cobrar".

Colunista do UOL

25/03/2020 11h30

Madrinha do Time Brasil, ao lado de Claudia Leitte, Sabrina Sato concordou com a decisão Comitê Olímpico Internacional (COI) de adiar os jogos pela primeira vez na história por causa da pandemia do novo coronavírus.

"O momento é de reflexão, de considerar valores que no dia a dia às vezes não enxergamos, olhar o próximo com outros olhos, ser mais generoso e mais solidário. Eu respeito a decisão, porque ela protege a saúde dos nossos atletas e de várias pessoas envolvidas direta ou indiretamente a esse grande evento", comentou a apresentadora com exclusividade para a Coluna do Leo Dias.

Essa é a primeira vez na história dos Jogos Olímpicos de verão que o evento é adiado. Em outras ocasiões, por causa das duas Guerras Mundiais, a competição foi cancelada: 1916, 1940 e 1944. Em 1940, inclusive, os Jogos estavam marcados para Tóquio.

Neta de japoneses, Sabrina Sato será um dos rostos do Brasil em Tóquio, mas agora em 2021, porém, sem data marcada para o início dos jogos olímpicos.

"Isso também é valorizar o esporte. Em 2021 voltaremos mais fortalecidos, em todos os sentidos. E tenho certeza que voltaremos mais unidos para poder, juntos, realizar essa linda festa", diz Sabrina.

Leo Dias