PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Mauricio Stycer


Na RedeTV!, "a gente só mostra bundinha se a mulher quiser", diz Leo Dias

Leo Dias, Thiago Pasqualotto e Flavia Noronha no comando do Bastidores do Carnaval - Reprodução / Internet
Leo Dias, Thiago Pasqualotto e Flavia Noronha no comando do Bastidores do Carnaval Imagem: Reprodução / Internet
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

22/02/2020 23h37

Em nova fase, agora dedicado à família brasileira, o "Bastidores do Carnaval" deixou para trás as imagens escandalosas, as perguntas impertinentes e os closes ginecológicos. "A gente só mostra bundinha se a mulher quiser", explicou o jornalista Leo Dias, que está à frente da reformulação do mais polêmico programa da RedeTV!.

Respondendo ao texto publicado neste sábado no UOL, Leo disse: "Dizem que perdeu a graça. Não perdeu, não, amor. Ganhou graça e ganhou muito mais, ganhou respeito". O jornalista também fez piada com o comentarista Thiago Pasqualotto, o mais elogiado no programa de estreia: "Ele não fala mal de colunista que fala mal da gente só porque falou bem dele."

Pasqualotto comentou as críticas à fase família do programa: "Se a gente mostra um peitinho e uma bundinha, falam que a gente é baixaria. Se não mostra, é Carnaval evangélico. Vocês se decidam."

Flavia Noronha também tentou justificar a nova fase do programa: "A gente tem bundinha, sim. A gente tem humor, a gente tem tudo. A gente não tem só bundinha. A gente tem tudo isso e muito mais!"

Por fim, confirmando que os excessos do Carnaval da RedeTV! são coisas do passado, Leo Dias afirmou: "A gente só mostra bundinha se a mulher quiser. A gente não vai invadir o espaço dela. Se ela quiser, a gente mostra. Se ela não quiser, a gente vai simplesmente respeitar o espaço da mulher."

Apesar dos esforços, a primeira edição do novo "Bastidores do Carnaval" desandou quando Dudu Camargo, apresentador do SBT, apalpou os seios de Simony. A cantora fez referência ao abuso no programa deste sábado (22). "Não é não. O corpo é meu. Só toca nele quanto eu permitir. Tem que dizer 'não é não' e denunciar", desabafou.

Nas redes sociais, Simony foi mais dura com a atitude de Camargo: "Se fizesse comigo em qualquer outro lugar [fora da televisão] teria levado uma porrada na cara. Meu corpo minhas regras. Não é não. Chega dessa palhaçada. Fiquei sem reação e chocada. Agradeço muito todos vocês que se solidarizaram comigo", disse.

Mauricio Stycer