PUBLICIDADE
Topo

Coluna

Mauricio Stycer


Apressada, CNN Brasil erra e anuncia adiamento da Olimpíada de Tóquio

CNN Brasil informa, erradamente, que os Jogos Olímpicos de Tóquio teriam sido adiados - Reprodução
CNN Brasil informa, erradamente, que os Jogos Olímpicos de Tóquio teriam sido adiados Imagem: Reprodução
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

22/03/2020 19h24

Com a missão de ficar no ar por 17 horas e 30 minutos fazendo jornalismo ao vivo, a recém-lançada CNN Brasil está sentindo na pele o que os seus concorrentes já conhecem faz tempo. Não é fácil evitar gafes e erros.

Como todos os olhos estão voltados, neste momento, para o novo canal, muitos têm a impressão de que a sucessão de erros cometidos nesta primeira semana é enorme.

Alguns foram cômicos. Como Monalisa Perrone recomendando, para evitar contágio com o coronavírus, "lavar a água com a mão e sabão por 15 segundos". Ou tragicômicos, como a repórter Luiza Muttoni, que se confundiu e falou numa frase sobre um médico que estaria internado e, na seguinte, que estaria morto, deixando os espectadores perplexos.

Mais graves são os erros de informação, como o cometido pela jornalista Basilia Rodrigues, ao afirmar que Chile e Equador não fazem parte da América do Sul (ela queria dizer que os dois países não têm fronteira com o Brasil).

O equívoco mais grave da CNN Brasil, até o momento, foi visto neste domingo (22). Na pressa de noticiar o resultado de uma reunião do Comitê Olímpico Internacional, o canal disse que os Jogos Olímpicos de Tóquio teriam sido adiados. O erro ficou na tela por alguns minutos até ser substituído.

Na verdade, o COI estabeleceu um prazo de quatro semanas para decidir, finalmente, se a Olimpíada será adiada, ou não.

O jornalista Guga Chacra, comentarista da concorrente GloboNews e da Globo, correu ao Twitter para comentar o erro. "Para ficar claro, o Comitê Olímpico Internacional ESTUDA cancelar a Olimpíada, mas AINDA NÃO cancelou. Se quiser mais informações corretas, assista à GloboNews e a SporTV".

Ele apagou a mensagem pouco depois, mas não conseguiu evitar que seus seguidores notassem a rivalidade no ar.

Mauricio Stycer