PUBLICIDADE
Topo

BBB 20: Em nome da diversão, Babu merecia saber que foi o menos votado

Indicado pela sexta vez a um paredão, Babu teve apenas 1,06% dos votos, e chorou ao saber que não foi eliminado - Reprodução/TV Globo
Indicado pela sexta vez a um paredão, Babu teve apenas 1,06% dos votos, e chorou ao saber que não foi eliminado Imagem: Reprodução/TV Globo
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

08/04/2020 00h03

Babu lembrou nos últimos dias que estava em seu sexto paredão. Como antecipou a enquete do UOL, sobreviveu com folga - a disputa era entre Marcela (49,76% dos votos) e Flayslane (49,18%).

A insistência em indicar o ator levanta uma dúvida: os participantes não suspeitam que Babu tem razoável apoio do público?

Alguém pode me perguntar: como os "brothers" poderiam saber da força de Babu? Ora, voltar de seguidos paredões deveria ser uma informação importante para eles.

Mas, felizmente, bom senso e "BBB" não costumam caminhar juntos. É a irracionalidade que está movendo os participantes e ajudando a tornar Babu ainda mais forte aos olhos de parte do público.

Outra ajuda poderia ser dada pelos participantes que vieram da casa de vidro. Daniel e Ivy perceberam, pelos cartazes e gritos no shopping, que Marcela era querida pelo público, mas não captaram nenhuma mensagem em prol de Babu.

Uma outra forma de ajuda poderia ser dada por Tiago Leifert. Dos onze paredões até agora, um foi duplo (o primeiro), um teve quatro participantes (o segundo) e nove foram triplos.

Em três destas disputas triplas, o apresentador informou com antecedência quem tinha sido o menos votado. Isso é uma informação importante.

Gizelly soube que foi coadjuvante na disputa entre Guilherme e Pyong. Rafa foi avisada que não tinha nada a ver com a votação que eliminou Pyong e deixou Babu. Por fim, Mari teve direito a saber que foi figurante no paredão que eliminou Prior e deixou Manu.

O que estes paredões têm em comum? Nas três disputas, a participante que ficou em terceiro lugar teve menos de 1% dos votos.

Isso também aconteceu no paredão quádruplo, que eliminou Petrix e deixou Hadson em segundo lugar - Pyong e Babu tiveram menos de 1% dos votos, mas não foram avisados com antecedência que estavam foram da disputa.

Em três outras disputas em que foi indicado, o ator teve menos de 5% de votos. Só no paredão com Pyong é que a sua votação foi alta (51,7% contra 47,7%). Nesta terça-feira (7), Babu teve 1,06% dos votos.

Neste 12º paredão, sem noção alguma que não corria perigo algum neste paredão entre Marcela e Flay, Babu desabou no choro após o anúncio do resultado. Deu pena do ator.

Seria muito curioso e, até, engraçado ver a reação das demais participantes, em especial de Ivy, se Leifert avisasse, antes de anunciar o resultado, que Babu estava salvo deste paredão e que a disputa era entre Marcela e Flay.

O lado B do BBB

Mauricio Stycer