PUBLICIDADE
Topo

"SBT Brasil" não informa a relação de Fabio Faria com a família Abravanel

Jair Bolsonaro, Fábio Faria e Silvio Santos durante visita do então presidente eleito ao dono do SBT, em dezembro de 2018 - Reprodução / Internet
Jair Bolsonaro, Fábio Faria e Silvio Santos durante visita do então presidente eleito ao dono do SBT, em dezembro de 2018 Imagem: Reprodução / Internet
Mauricio Stycer

Mauricio Stycer

Mauricio Stycer é jornalista desde 1985. Repórter e crítico do UOL, colunista da Folha de S.Paulo, passou por Jornal do Brasil, Estadão, Folha, Lance!, Época, CartaCapital, Glamurama Editora e iG. É autor de "Topa Tudo por Dinheiro - As muitas faces do empresário Silvio Santos" (editora Todavia, 2018).

Colunista do UOL

11/06/2020 21h34

A recriação do Ministério das Comunicações e a nomeação do deputado federal Fabio Faria (PSD-RN) para o comando da pasta foi tema de uma reportagem caprichada do "SBT Brasil" nesta quinta-feira (11). Faltou apenas um detalhe nos três minutos da notícia: o telejornal não informou que Faria é casado com Patrícia Abravanel e genro de Silvio Santos, dono do SBT.

O telejornal disse que Faria foi "uma escolha pessoal" do presidente. E reproduziu uma frase de Jair Bolsonaro ao anunciar a nomeação na noite de quarta-feira (10): "Ele não é profissional do setor, mas tem conhecimento até pela vida que ele tem junto à família do Silvio Santos."

A frase do presidente chamou muito a atenção, mas para compreendê-la é preciso saber qual é exatamente este vínculo com a família Abravanel.

A informação, que se mostrou fundamental na nomeação de Faria, foi mencionada por outros telejornais. No "Jornal Nacional", a repórter Delis Ortiz disse que o novo ministro "é casado com uma das filhas do empresário e apresentador Silvio Santos". O "Jornal da Band" disse que Faria "é genro de Silvio Santos, dono do SBT". No "Jornal da Record", o novo ministro foi apresentado como "genro do empresário e apresentador Silvio Santos".

Menos informativo que o "SBT Brasil" só mesmo o "RedeTV! News", que não mencionou a relação familiar de Faria com os Abravanel nem reproduziu o trecho da fala de Bolsonaro que indica haver algum vínculo.

Mauricio Stycer