Topo

Coluna

Ricardo Feltrin


Globo quer no futuro novelas de no máximo 100 capítulos e 50 atores

Alexandre/UOL
Gravação do último capítulo de "Segundo Sol", que contou com mais de 115 atores e atrizes no total Imagem: Alexandre/UOL
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

2019-03-18T07:38:00

18/03/2019 07h38

Em reunião realizada na semana passada no Rio, com um grupo de artistas veteranos de seu elenco, a direção da TV Globo revelou, pela primeira vez, as intenções para o futuro em curto e médio prazo de suas novelas.

Segundo a direção anunciou, o objetivo é quem em breve nenhuma novela da casa tenha muito mais que 100 capítulos.

Isso vale para os três horários principais da dramaturgia: 18h30, 19h30 e 21h30.

Hoje, essas novelas têm de 160 a 180 capítulos, com raras exceções.

Elencos menores

A emissora antecipou ainda que não só quer enxugar a extensão, mas também a composição de seu elenco. O objetivo é que as novelas tenham no máximo 50 atores.

Escrita por João Emmanuel Carneiro, "Segundo Sol", por exemplo, teve cerca de 65 artistas fixos em seu elenco, mas com as participações especiais, o número chegou a mais de 110.

Isso definitivamente encarece muito as produções.

Outro "anúncio" da Globo --e esse fez com que os artistas convidados para o encontro vibrassem-- foi que no futuro próximo ela quer extinguir a gravação de novelas aos sábados.

Hoje os sábados são considerados praticamente dias "úteis" para boa parte dos artistas, especialmente os que entram nas tramas das 21h30.

A proporção "média" de 70% de imagens em estúdio e 30% de gravações externas, ao menos nesse horário principal, devem ser mantidas.

Questionada pela coluna a respeito das informações acima citadas, a Globo, por meio de sua assessoria, disse não ter informações a respeito.

Ricardo Feltrin no Twitter, Facebook e site Ooops