Topo

Televisão

Nickelodeon completa 20 anos na América Latina; relembre desenhos marcantes

Divulgação/Nickelodeon
Patti Maionese e Doug Funnie no desenho animado "Doug" (1991) Imagem: Divulgação/Nickelodeon

Natalia Guaratto

Do UOL, em São Paulo

20/12/2016 07h00

Responsável por trazer ao Brasil desenhos como “Doug”, “Os Anjinhos” e “Bob Esponja”, o canal Nickelodeon, terceiro mais assistido entre crianças na TV a cabo, completa 20 anos na América Latina nesta terça-feira (20).

“Quando estreamos aqui, uma das nossas primeiras ações de marketing foi ensinar as crianças a falaram Nickelodeon. Hoje temos duas gerações de pessoas que cresceram assistindo ao canal”, diz Tatiana Rodriguez, vice-presidente sênior da Nickelodeon na América Latina em entrevista ao UOL.

“Nossa primeira animação foi ‘Os Anjinhos’. Chegou ao mercado antes mesmo de o canal e é um desenho icônico até hoje”, lembra a executiva. O canal também foi responsável pelo sucesso “Hey, Arnold”, que vai ganhar uma continuação em filme para a TV no ano que vem.  

A programação é conhecida ainda pelas sitcoms e novelas infantojuvenis e tem em sua lista de êxitos “Isa TKM”, “Kenan e Kel” e “Drake e Josh”.

Em 2017, a empresa espera estrear mais de 1.200 episódios entre atrações novas e já em exibição. No Brasil, a maior novidade é a produção da versão animada da personagem Tainá.
 

6 desenhos inesquecíveis da Nickelodeon

  • Reprodução/TV UOL

    Os Anjinhos

    Desenho clássico da Nickelodeon e que pode ter um revival nos próximos anos, "Os Anjinhos" tinha um grupo de bebês como protagonistas. Tommy, Chuckie, os gêmeos Phill e Lil eram capazes de se comunicar entre si em uma linguagem que os adultos não eram podiam compreender. Um pouco mais velha, Angelica, prima de Tommy, era a vilã da turma e frequentemente usava sua idade para tirar vantagem dos bebês.

  • Divulgação/Nickelodeon

    Jimmy Neutron, o Menino Gênio

    O desenho sobre o menino Jimmy, que tinha um QI altíssimo e usava seu laboratório secreto para fazer invenções, durou três temporadas. Jimmy tinha dificuldades de lidar com os colegas na escola, mas tinha dois grandes amigos: Caio e Sheen, com quem ele ia frequentemente ao espaço. Um dos grandes mistérios não respondidos da história é sobre como os amigos viajavam para fora da Terra sem trajes especiais e mesmo assim conseguiam respirar.

  • Reprodução/Flipboard

    Bob Esponja

    As aventuras marinhas dos personagens que habitam a Fenda do Biquíni fazem sucesso há 17 anos e o desenho é um dos mais populares da história da Nickelodeon. Além de Bob Esponja, uma esponja de mar muito simpática e que ama todo mundo, a animação tem outros personagens carismáticos como a estrela do mar Patrick, o esquilo Sandy e o polvo Lula Molusco.

  • Reprodução/Nickelodeon

    Doug

    O desenho, que completou 25 anos de sua estreia na TV americana em 2016, contava a história do adolescente Doug Funnie, um garoto de 11 anos que gostava desenhar e escrever em seu diário. Ele nutria uma paixão por sua melhor amiga, Patti Maionese, mas o criador do desenho, Jim Kinkins, revelou recentemente que os personagens não ficaram juntos porque "a maioria das pessoas não fica com seu primeiro amor".

  • Divulgação/Nickelodeon

    Hey Arnold

    O desenho, que completou 20 anos em 2016, contava as aventuras de Arnold e seus amigos. Apelidado de Cabeça de Bigorna, por causa do formato de sua cabeça, Arnold era um aluno da quarta série que vivia com os avós desde o misterioso sumiço dos pais. O desenho tinha ainda Helga, amiga de Arnold, que tinha uma paixão obsessiva pelo protagonista. Ainda sem data de estreia, o telefilme produzido pela Nicklodeon vai finalmente contar o que aconteceu com os pais do garoto.

  • Reprodução

    Os Padrinhos Mágicos

    Cansado de ser maltratado pela babá Vicky e incompreendido pelos pais, Timmy Turner é um garoto de 10 anos que recebe a visita de duas fadas chamadas Cosmo e Wanda. Os Padrinhos Mágicos realizam seus desejos, exceto aqueles que violam o "livro das regras".