Topo

Walking Dead

3 melhorias que podem fazer "Walking Dead" ser boa de novo

Reprodução/AMC
Rick Grimes (Andrew Lincoln) em cena da sétima temporada de "The Walking Dead" Imagem: Reprodução/AMC

Do UOL, em São Paulo

10/03/2017 04h00

"The Walking Dead" atravessa uma de suas piores fases desde que estreou na TV há sete anos e, no episódio do último domingo (5), a insatisfação dos espectadores com a história foi traduzida em números.

"Say Yes", 12º episódio da sétima temporada bateu o recorde de audiência negativo da atração. Nos Estados Unidos, ele foi visto por 10,16 milhões de espectadores, a menor audiência da série desde a terceira temporada.

Além disso, o drama vem colecionando críticas negativas em jornais e revistas especializados. A reclamação mais frequente é a de que a série se esmera em fazer episódios de estreia e encerramento chocantes, mas peca em fornecer entretenimento de qualidade no desenrolar das temporadas.

Alguns veículos já estão inclusive chamando "The Walking Dead" de série-zumbi, comparando a falta de ação da história com os monstros que a tornaram célebre.

 

Veja as melhorias que "TWD" precisa fazer

  • Reproduçao/Fox

    Cumprir o que prometeu na sinopse

    Uma atração com fãs tão leais como "The Walking Dead" funciona na base do "prometeu tem que cumprir". E a segunda metade da sétima temporada foi especialmente aguardada porque a sinopse divulgada prometia uma mudança no posicionamento dos heróis e uma grande guerra. Pelo desenrolar da trama, tudo indica que em vez de vários confrontos entre Rick e Negan, os espectadores terão que se contentar com apenas uma grande batalha salva para o season finale.

  • Divulgação/AMC

    Dar espaço para novos personagens

    Desde a quinta temporada "The Walking Dead" vem perdendo personagens queridos. Aconteceu com Beth (Emily Kinney), Tyresee (Chad Coleman), Glenn (Steven Yeun) e Abraham (Michael Cudlitz). Não há problema nenhum em matar personagens, afinal de contas, esse é um dos motivos pelos quais "The Walking Dead" é sucesso, mas a série tem pecado em não repor os mortos com outros tão legais quanto. Apesar de ter acrescentando uma população inteira de sobreviventes na sétima temporada, "TWD" não gastou tempo e cuidado em construir novas histórias. Só Jesus (Tom Payne) e Negan salvam.

  • Chris Pizzello/Invision/AP

    Parar de trollar os espectadores

    Trollar os fãs exibindo cenas que indicam a morte de um personagem, para logo depois revelar que ele está vivo é uma tradição em "The Walking Dead". O episódio da quinta temporada em que Glenn parece ter sido devorado por zumbis após o suicídio de Nicholas enfureceu os espectadores. Algo parecido aconteceu no episódio do último domingo quando Rick escalou uma roda-gigante e acabou caindo em meio a uma horda de zumbis. A câmera então mostrou um corpo sendo devorado na tentativa de forjar a morte do protagonista. Minutos depois, foi revelado que o policial se salvou e que um cervo serviu de almoço para os mortos-vivos.