Topo

Novela

A Dona do Pedaço


Cinco histórias que prometem causar em "A Dona do Pedaço", nova das 21h

Juliana Paes grava cena de "A Dona do Pedaço" em São Paulo - Globo/João Miguel Júnior
Juliana Paes grava cena de "A Dona do Pedaço" em São Paulo Imagem: Globo/João Miguel Júnior

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

20/05/2019 04h00

Depois de uma longa e sofrida passagem, "O Sétimo Guardião" chegou ao fim na última sexta. E hoje o horário nobre se renova com "A Dona do Pedaço", de Walcyr Carrasco. Veja cinco histórias que prometem causar na nova trama das 21h.

  • Globo/João Miguel Júnior

    Romeu e Julieta

    Walcyr Carrasco recorreu a Shakespeare para dar início à sua história. O ponto de partida é a rivalidade histórica entre os Matheus e os Ramirez, famílias do Espírito Santo que se odeiam e se matam há décadas. Tudo muda quando Maria da Paz (Juliana Paes) se apaixona por Amadeu (Marcos Palmeira), e o casamento dos dois promete selar a paz entre os clãs. Mas o noivo leva um tiro no altar e Maria foge, achando que ele morreu.

    Em São Paulo, ela encontra forças para lutar e, fazendo os bolos que aprendeu com a avó, se torna uma rica empresária.

  • Divulgação/TV Globo

    Casal de trambiqueiros

    A trama central de "A Dona do Pedaço" gira em torno da relação conflituosa entre Maria da Paz (Juliana Paes) e sua filha, Josiane (Agatha Moreira). Com raiva de seu nome e com vergonha da mãe, a vilã quer se tornar famosa a qualquer custo, e planeja dar um golpe na boleira. Para isso, ela conta com a ajuda do playboy falido Régis (Reynaldo Gianecchini), que seduz a empresária.

    Com um toque de "Vale Tudo", os embates têm tudo parra chocar e emocionar o público. A vilã de Agatha causou burburinho nas redes sociais, antes mesmo da estreia. Além disso, Gianecchini e Agatha já mostraram muita química em "Verdade Secretas" (2015), do mesmo autor, e têm tudo para repetirem o sucesso na pele de dois trambiqueiros.

  • Globo/João Cotta

    Inveja entre irmãs

    Outra boa e conhecida rivalidade das novelas será a protagonizada entre duas irmãs. Na infância, Virgínia e Fabiana foram separadas por conta da guerra entre os Ramirez e os Matheus, e seguiram caminhos diferentes. A primeira, interpretada por Paolla Oliveria, foi adotada por uma família rica e virou uma influenciadora de sucesso. A outra (Nathalia Dill) foi abandonada em um convento e virou freira.

    Anos depois, Fabiana vê a irmã na TV e a reconhece por conta de uma correntinha. Ela vai atrás da irmã, cheia de ambição, de ter tudo que ela nunca teve. É um dramalhão clássico digno de novelas mexicanas que já se mostrou extremamente eficiente em diversas histórias. Some aí o drama de Maria da Paz, a tia que procura pelas sobrinhas perdidas.

  • Reprodução/Instagram

    Cama de gato

    Os personagens de Caio Castro e Malvino Salvador devem se envolver na novela. Apesar dos rumores, que já circulam na imprensa, a Globo não confirma o caso amoroso entre eles. Rock será um jovem que sonha em ser campeão de boxe e Agno, um empresário rico que já não consegue mais viver ao lado da mulher, Lyris (Deborah Evelyn), porque o fogo do passado acabou.

    Malvino já disse estar de "aberto a tudo". Lembrando que Walcyr teve êxito com tramas envolvendo casais homossexuais, em "Amor à Vida" (2013), por exemplo.

  • Globo/João Miguel Júnior

    Núcleo cômico

    Walcyr gosta mesmo é de comédia pastelão e, ao que tudo indica, a família de Eusébio (Marco Nanini) preencherá essa cota. Ao lado de sua mãe, interpretada por Betty Faria (sim, ela é só sete anos mais velha que Nanini), do padrasto Chico (Tonico Pereira), da mulher, Dodô (Rosi Campos), e dos filhos, eles vivem um grupo de desalojados. Obrigados a fugir de um prédio ocupado, eles invadem uma casa abandonada.