Famosos

Como Gledson em novela, "personal tudo" cuida de famosas e têm até fãs

Reprodução/Instagram
Anitta e Sabrina Sato posam ao lado de seus "bff" Imagem: Reprodução/Instagram

Gisele Alquas

Do UOL, em São Paulo

07/02/2017 04h00

A dupla que você respeita Gledson (Raphael Ghanem) e Luciane (Grazi Massafera) garante boas risadas ao telespectador em “A Lei do Amor”. O personal stylist é o fiel escudeiro da perua socialite e juntos são responsáveis pela maioria das cenas cômicas da novela. Na vida real, muitos artistas têm seu “personal tudo”, que além de funcionários, tornam-se melhores amigos das celebridades. É o caso de Renner Souza, maquiador profissional que só precisou de um dia trabalhando com Anitta para hoje ser o melhor amigo dela, e Ronny Macedo, assessor de quase tudo de Sabrina Sato, que a acompanha praticamente 24 horas por dia.

Os dois têm em comum a amizade e o respeito que conquistaram de suas “patroas”, além da dedicação ao trabalho. Renner conheceu Anitta há quase três anos durante a participação dela no “Dança dos Famosos”, do "Domingão do Faustão”. Ele maquiava Giovanna Ewbank, que também participou do quadro, quando a atriz o indicou para produzir a cantora. Renner relutou, pois segundo ele, não gostava de Anitta.

Reprodução/Gshow
Em "A Lei do Amor", Gledson e Luciane não se desgrudam Imagem: Reprodução/Gshow

“Gostava das músicas, mas não ia muito com a cara dela. Falei para a Giovanna: ‘Ai, não sei se quero’. A Giovanna me convenceu dizendo que ela era ótima e uma fofa, que se parecia comigo. Topei. Aí, de repente, chega a Anitta, sentou do meu lado, já me chamou de amigo e, de uma hora para outra, quebrou toda aquela impressão ruim que eu tinha dela. Depois me convidou para maquiá-la durante um ensaio fotográfico e nunca mais nos desgrudamos”, lembra o maquiador de 34 anos.

Anitta carrega o amigo para onde for. Mas não só a trabalho. Recentemente, a cantora viajou de férias e levou Renner e o fotógrafo Eduardo Bravin para o México. Tudo foi registrado no Instagram e no Snapchat dos dois. Renner também acompanhou Anitta no show de Rihanna, em Nova York, e foi um dos seletos convidados para comemorar o aniversário da amiga em Los Angeles, nos Estados Unidos.

“Viajar com a Anitta é incrível, mas não é fácil aguentar o pique dela não. Ela gosta de aproveitar tudo, não para. Teve uma vez que estávamos em um hotel, na madrugada, acordei com ela mexendo no celular. Ninguém conseguiu dormir depois e fomos parar num posto de gasolina de pijama comprar guloseimas. O atendente ainda falou: Nossa, como você parece a Anitta”, contou, aos risos.

Apesar da amizade, o maquiador afirma que Anitta é muito profissional e exigente quando o assunto é trabalho: “Ela é rígida, já me deu bronca, é pontual, gosta de cumprir horário. Ela me ensina muito. É mãe, amiga, patroa, irmã. Acaba sendo uma troca: ela me dá conselhos, eu dou conselhos para ela”.

A proximidade também rendeu popularidade. Com 184 mil seguidores no Instagram, Renner ganhou até fã-clube. Ele diz que acha engraçado e que no começo estranhou a fama por tabela. "Mas hoje as pessoas me reconhecem na rua. E procuro tratar os fãs com muito carinho, sou atencioso, é assim que tem que ser”, diz o baiano de Barreiras, que vive em São Paulo há 11 anos.

Reprodução/Instagram
Renner Souza com Anitta e o fotógrafo Eduardo Bravin durante viagem de férias no México Imagem: Reprodução/Instagram

Do trabalho a madrinha de casamento

No seu canal oficial no YouTube, Sabrina Sato já disse que não sai de casa sem o Ronny. Não é força de expressão. Ronny Macedo trabalha como assessor pessoal da apresentadora há 10 anos e passa quase 24 horas por dia ao lado dela, seja em gravações para o “Programa da Sabrina”, na Record, editoriais de revistas, presenças vips ou em um churrascão na casa da apresentadora. A amizade surgiu em 2007, quando Ronny começou a trabalhar como relações públicas no salão de cabeleireiro de Karina, irmã e empresária da apresentadora.

“Eu trabalhava como booker na Elite Models, tinha vários amigos em comum com a Karina quando ela me convidou para trabalhar. Às vezes a Karina me chamava para acompanhar a Sabrina em eventos. Em 2010, a Sabrina bombava no ‘Pânico’ e tinha muito trabalho, até que a Karina pediu para que eu a acompanhasse em tempo integral. E há sete anos eu não desgrudo dela”, conta.

Reprodução/Instagram
Ronny Macedo e Sabrina Sato: Amizade de dez anos Imagem: Reprodução/Instagram

Difícil definir a área de atuação do assessor. Ronny cuida não só dos compromissos de trabalho como dos pessoais de Sabrina Sato. “Marco médico, dentista, personal trainer, cuido da vida dela mesmo”, diz. A amizade entre os dois é tão forte que a apresentadora foi madrinha do casamento de Ronny com o supervisor comercial Alex Dias, em maio de 2015.

Dedicado, ele também é responsável pelo contato dos fãs com a artista: “Eles são incríveis, muitos são fãs desde a época em que ela participou do ‘BBB’ [2003]. Temos grupos no Whatsapp, mantenho eles informados de tudo. É um carinho muito grande e procuro tratar todos com respeito. Jamais maltrataria um fã, como a Sabrina também não.”

Ele afirma que a apresentadora é muito exigente e organizada no trabalho, e que os dois se entendem pelo olhar: “Somos aquarianos e muito parecidos. Sou seu fiel escudeiro e temos a mesma energia.” Com a convivência diária, Ronny diz que não se vê deixando de trabalhar com Sabrina Sato. “Talvez quando ela casar e tiver filhos, ou eu tiver meus filhos, o ritmo pode diminuir, mas me vejo com ela por muito, muito tempo”, afirma.

Apostar em duplas inseparáveis nas novelas é uma boa fórmula de sucesso com o público. Relembre outros "personal tudo" das tramas:

Tudo por elas

  • Imagem: Divulgação/TV Globo
    Divulgação/TV Globo
    Imagem: Divulgação/TV Globo

    Rony - "Insensato Coração"

    Deborah Secco e Leonardo Miggiorin provocaram muitas risadas como a dupla Natalie Lamour e Rony Fragonard em "Insensato Coração", de 2011. Natalie, que era ex-participante de reality show, queria continuar famosa a todo custo e, para isso, ficava na cola de pessoas influentes. Rony era seu assessor pessoal e fazia de tudo para emplacar a moça nos jornais e revistas.

  • Imagem: Divulgação/TV Globo
    Divulgação/TV Globo
    Imagem: Divulgação/TV Globo

    Crôdoaldo Valério - "Fina Estampa"

    Crodoaldo Valério, o Crô, hilário mordomo vivido por Marcelo Serrado em "Fina Estampa", de 2012, tinha uma relação de amor e ódio com sua patroa, Tereza Cristina (Christiane Torloni). Pela frente, chamava a patroa de nomes como "Rainha do Nilo", "Filha de Osíris", entre outros apelidos inspirados na Grécia e no Egito antigos. Mas, quando estava com raiva da dondoca, dizia que a socialite não passava de uma "jacaroa do Nilo". O personagem, que mais tarde ganhou até filme, fazia todas as vontades de sua ama. "Apesar dos problemas, um não vivia sem o outro", explicou na época Marcelo Serrado ao UOL. Ele contou que se inspirou em um amigo para compor o visual de Crô, que ostentava sempre um enorme topete.

  • Imagem: Reprodução/TV Globo
    Reprodução/TV Globo
    Imagem: Reprodução/TV Globo

    Só Love - "O Canto da Sereia"

    Na série "O Canto da Sereia", de 2013, Só Love (João Miguel) trabalhava como assistente pessoal de Sereia, interpretada por Isis Valverde, e era seu melhor amigo. O amor de Só Love era tão grande pela patroa que ele foi o responsável por assassiná-la a pedido dela própria. Sereia descobriu que tinha um tumor no cérebro, que iria morrer em breve e temia adoecer e perder a beleza. Ela tramou sua morte para que as pessoas se lembrassem dela apenas como a rainha do axé. Sereia pediu para que Só Love a matasse com um tiro enquanto ela cantava no trio elétrico durante Carnaval de Salvador. O persoangem foi muito marcante na carreira de João Miguel. "Fui buscar meu óculos numa ótica e a atendente me olhou e me abraçou de uma maneira muito carinhosa. Entendi o que tinha acontecido. Foi incrível", contou ele na época ao jornal Extra.

  • Imagem: Reprodução/TV Globo
    Reprodução/TV Globo
    Imagem: Reprodução/TV Globo

    Pepito - "Alto Astral"

    Em "Alto Astral", de 2014, Pepito, vivido por Conrado Caputo, e Samantha, vivida por Claudia Raia, eram os responsáveis pela trama cômica da novela. O personagem, que era peruano, estava sempre do lado da vidente para tudo que ela precisasse e ganhou o carinho do público. Pepito cresceu na trama e deixou o ator cheio de orgulho. "Para mim foi muito inesperado, até porque foi meu primeiro papel em novelas. Mas fico feliz que o personagem tenha crescido e caído no gosto do público. Estreei animado, mas sem expectativas, aberto para aprender e me divertir", contou Caputo em entrevista à revista "Quem" na época da novela.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

do UOL
do UOL
Beleza
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
do UOL
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
TV e Famosos
Topo