Topo

TV e Famosos


De Gugu a Ratinho: relembre cinco "escolinhas" da TV sem Professor Raimundo

Do UOL, em São Paulo

04/11/2015 06h30

A Globo deu início às gravações da nova "Escolinha do Professor Raimundo", em comemoração aos 25 anos da estreia do programa de Chico Anysio (1931-2012). A releitura irá ao ar em novembro no canal pago Viva, e depois será exibida na TV aberta, com dois episódios inéditos. O humorístico fez sucesso e foi imitado por outras emissoras. SBT, Band e Record já exibiram suas escolas que, sem Raimundo, tiveram como professores Gugu Liberato, Ratinho e Sidney Magal.

O programa estrelado por Chico Anysio estreou em agosto de 1990, mas o formato surgiu na década de 1930, no programa de rádio "Escolinha da Dona Olinda". A versão com Chico, criada pelo radialista Haroldo Barbosa (1915-1979), surgiu em 1952, na rádio Mayrink Veiga, e migrou para a televisão em 1957, na extinta TV Rio (atual Record).

Foi com Chico Anysio que a "escolinha" ganhou fama e ganhou outras versões. O humorista Ronald Golias (1929-2005) lançou a sua escola no SBT, um mês após a estreia de "Professor Raimundo" na Globo.

A Record teve duas: "Escolinha do Barulho" (1999) e "Escolinha do Gugu" (2011). Esta foi criticada por Chico Anysio, que disse ter sentido "pena" dos "criadores" do programa.

A Band também lançou a sua escola em 2008, com Sidney Magal como professor. "Uma Escolinha Muito Louca" recebeu críticas de Boni, ex-executivo da Globo, que acusou o humorístico de "copiar" Chico Anysio. Recentemente, o apresentador Ratinho transmitiu ao vivo sua escolinha no SBT.

O UOL listou cinco "escolinhas" da TV brasileira lançadas após "Professor Raimundo". Relembre:

  • Reprodução/SBT

    "A Escolinha do Golias" (1990)

    Um mês após a estreia da "Escolinha do Professor Raimundo" na Globo, o SBT lançou "A Escolinha do Golias". O humorístico teve Carlos Alberto de Nóbrega como professor e Nair Bello como "aluna burra". Com três temporadas, saiu do ar em 1997. O SBT reprisou em 2007, com relativo sucesso.

  • Divulgação/Record

    "Escolinha do Barulho" (1999)

    Em 1999, a Record lançou "Escolinha do Barulho", uma das versões mais parecidas com a "Escolinha do Professor Raimundo", com atores remanescentes do programa da Globo como David Pinheiro (Armando Volta), Rony Cócegas (Galeão Cumbica) e Jorge Loredo (Zé Bonitinho). O programa também escalou novatos, como Tiririca e Mari Alexandre. Ao contrário da escola de Chico Anysio, a "Escolinha do Barulho" não tinha professor fixo. Dedé Santana, Luiz Carlos Miele, Milton Neves e até o político Enéas Carneiro se revezaram como mestres.

  • Divulgação/Band

    "Uma Escolinha Muito Louca" (2008)

    O cantor Sidney Magal foi o "Professor Raimundo" da Band, que estreou "Uma Escolinha Muito Louca" em 2008. Com elenco quase todo renovado, o programa contava com três alunas chamadas Sandra, Rosa e Madalena, em referência ao maior sucesso de Magal. A escola da Band chegou a bater o SBT na disputa pela audiência e incomodou José Bonifácio de Oliveira Sobrinho, o Boni, ex-executivo da Globo, que acusou o programa de copiar a escola de Chico Anysio.

  • Divulgação/TV Record

    "Escolinha do Gugu" (2011)

    Gugu Liberato virou professor e criou sua própria escola em 2011, na Record. No elenco, estavam os mesmos atores da "Escolinha do Barulho". Outros alunos, entretanto, não eram atores. Era o caso da vendedora Sylvia Design e a ex-"A Fazenda" Geisy Arruda, que entrava na sala de aula com um vestido curto semelhante ao que usou quando foi expulsa da faculdade onde estudava, em 2009. A versão de Gugu incomodou Chico Anysio, que na época escreveu no Twitter ter sentido "pena" dos "criadores" do programa.

  • Reprodução/SBT

    "Escolinha do Ratinho" (2011)

    Até o apresentador Ratinho se aventurou em uma escolinha. Em 2011, lançou, dentro de seu programa no SBT, a "Escolinha do Ratinho", com atores de "A Praça É Nossa" e participações especiais de ex-"Escolinha do Professor Raimundo", como Eliezer Motta (Batista). Por ser ao vivo, o apresentador (e professor) esquecia o texto com frequência e improvisava qualquer diálogo com os alunos, um dos poucos momentos engraçados do programa. A escola de Ratinho ainda aparece esporadicamente no SBT.

Mais TV e Famosos