Televisão

De Zina a Henriquepédia: por onde anda o elenco B do "Pânico"

Montagem/UOL
Zina, Charles Henriquepédia e José Maria Vieira: o elenco B do "Pânico" Imagem: Montagem/UOL

Do UOL, em São Paulo

20/12/2016 07h00

Há 13 anos no ar, o "Pânico" passa por uma de suas transformações mais profundas para 2017. A demissão do diretor Alan Rapp e a saída de Aline Riscado são algumas das mudanças para levantar a audiência do programa, que está na Band desde 2012 e começou na RedeTV!, onde viveu o auge do sucesso com personagens das ruas.

Foi na RedeTV! que o "Pânico" obteve suas maiores audiências com Zina, torcedor do Corinthians que repetia o nome "Ronaldo" e Charles Henriquepédia, que sabia o currículo dos famosos. José Maria Vieira, dono do bordão "Ô, Adriano, tá me ouvindo?", é famoso até hoje na Vila Cruzeiro, comunidade onde mora no Rio de Janeiro.

Do auge à queda, Zina intercalou passagens pela prisão e por clínicas para se livrar da dependência de drogas. O morador da Vila Cruzeiro passa por dificuldades e está na "lista proibida" da RedeTV!. Já Henriquepédia tentou virar político e os anões que fizeram sucesso como Robinho e Tevez (quem não se lembra do "Pedala, Robinho!"?) seguem na TV. Confira como está o elenco B do "Pânico".

  • Imagem: Eduardo Knapp/Folha Imagem - 22.out.2009
    Eduardo Knapp/Folha Imagem - 22.out.2009
    Imagem: Eduardo Knapp/Folha Imagem - 22.out.2009

    Zina

    "Ronaldo! Ronaldo!" Falando apenas o nome do então reforço do Corinthians no "Pânico na TV", Marcos da Silva Heredia virou celebridade em 2009. Ele chegou a processar o programa, porém voltou atrás ao ser encontrado e ganhar espaço dentro do humorístico. Em outubro daquele ano, foi detido com um pino de cocaína e solto logo depois. Foi diagnosticado com esquizofrenia e, nos últimos anos, intercalou prisões e internações em clínicas de reabilitação, a última forçada pela família após um surto na casa dele

  • Imagem: Reprodução/RedeTV!
    Reprodução/RedeTV!
    Imagem: Reprodução/RedeTV!

    "Ô, Adriano, tá me ouvindo?"

    Outra sensação das ruas encontrada pelo "Pânico" em 2009 foi José Maria Vieira. Não lembrou? Com certeza ele é mais conhecido por dizer "Ô, Adriano, tá me ouvindo?". Morador da Vila Cruzeiro, comunidade no Rio de Janeiro onde o jogador Adriano nasceu e cresceu, Zé Maria criou tantos bordões quanto um humorista. "Eu não entendi o que ele falou" e outras frases (algumas impronunciáveis) ficaram na boca do povo. Famoso na região, ele passa dificuldades, segundo conhecidos, e está na "lista negra" da RedeTV!, ao lado de artistas que não devem ser citados pela emissora Leia mais

  • Imagem: Christian von Ameln/Folhapress
    Christian von Ameln/Folhapress
    Imagem: Christian von Ameln/Folhapress

    Charles Henriquepédia

    Carlos Henrique de Andrade Adão virou Charles Henriquepédia no final de 2009, quando imitou Zina e falou "Ronaldo" repetidas vezes (multiplicadas pela edição) durante uma gravação do "Pânico" com Repórter Vesgo e Eduardo Sterblitch no Rio de Janeiro. Desde então, ganhou espaço no programa falando o currículo dos famosos, como uma enciclopédia. Em 2012, saiu do "Pânico" para se candidatar a vereador, mas perdeu a eleição e hoje faz aparições esporádicas no humorístico

  • Imagem: Reprodução/RedeTV!
    Reprodução/RedeTV!
    Imagem: Reprodução/RedeTV!

    "Pedala, Robinho!"

    O anão Nestor Bertolino Neto cresceu na vida em 2005, no "Pânico", quando imitou Robinho, que na época trocou o Santos pelo Real Madrid. Para pedalar como o atacante, ele recebia de Merchan Neves (Carlinhos Silva) tapas violentos na cabeça. "Pedala, Robinho!" virou até funk, e o anão ganhou um parceiro para levar tabefes: Zezinho, que fazia o argentino Tevez, então craque do Corinthians. Hoje, Nestor está no "Legendários", da Record, e Zezinho atua em filmes pornôs e em "A Praça É Nossa" (SBT)

  • Imagem: Reprodução/RedeTV!
    Reprodução/RedeTV!
    Imagem: Reprodução/RedeTV!

    Vovó da Fiel

    Para suprir a falta de Zina, afastado do "Pânico" por problemas com drogas, o "Pânico" escalou uma senhora desbocada. Sylvia Kubala, também corintiana, recebeu o apelido de "Vovó da Fiel" e acompanhava Sabrina Sato e Alfinete (Daniel Peixoto) nos estádios. Ela também ganhou um quadro em que respondia com palavrões tweets de duplo sentido. Como Henriquepédia, perdeu a eleição para vereadora. Hoje, aos 76 anos, ainda está na TV. Recentemente, participou do quadro "O Ranchinho", sátira de "A Fazenda" do programa "João Kleber Show" (RedeTV!)

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
do UOL
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Topo