Topo

Televisão

Deu a louca no patrão? 5 vezes em que Silvio mudou nomes de programas

Lourival Ribeiro/Divulgação/SBT
Silvio Santos interage com a plateia do "Programa Silvio Santos" Imagem: Lourival Ribeiro/Divulgação/SBT

Do UOL, em São Paulo

27/01/2017 12h43

No parque de diversões de Silvio Santos tudo pode acontecer. O apresentador, que decidiu repaginar nesta semana o "Fofocando", rebatizando-o como "Fofocalizando", tem experiência em trocar títulos de atrações do SBT.

Nome já registrado, interesse de anunciantes ou para dar aquela renovada em um formato antigo. Nada é um obstáculo para o patrão, que para fazer um programa vingar (comercialmente ou na audiência) não pensa duas vezes.   

Veja cinco programas que Silvio Santos já mudou o nome

  • Reprodução/SBT

    Quando nada dá certo

    Silvio quis ter seu próprio programa de fofocas para bater de frente com o quadro "Hora da Venenosa", que fez a Record disparar à frente da Globo. Montou equipe, tirou apresentadores de outras emissoras, contratou jornalista especializado em celebridades... A estratégia flopou, mas a aposta não. Após várias mudanças de horário, novos reforços e concentrar em polêmicas, o "Fofocando" não resistiu e ressuscitou em (mais um) novo horário. E, apesar do formato semelhante, teve a audiência turbinada pelos bons números do "Clube do Chaves".

  • Divulgação

    Ops, nome já registrado

    O game de perguntas e respostas que virou sensação no fim da década de 90 e início anos 2000 também já teve seu nome alterado. Está certo disso? Sim. A verdade é que o programa já era um sucesso de audiência quando, para surpresa do público, Silvio se viu obrigado a mudar o título. A razão? O próprio animador abriu espaço no programa para explicar. "O mesmo nome estava registrado como 'Juego del Millon'. Trocamos o nome, mas o sucesso é e será o mesmo", disse o locutor Lombardi. Certa a resposta, Lombardi! O programa continuou no SBT por um bom tempo. Mesmo desgastado, ganhou sobrevida quando foi vendido e passou a se chamar "Nestlé e você no Show do Milhão".

  • Gabriel Gabe/SBT

    Cozinha que já era do inferno

    A febre de realities de culinária chegou ao SBT com a primeira temporada do programa "Cozinha Sob Pressão". O formato, que faz sucesso lá fora com o nome de "Hell's Kitchen", levou o canal de Silvio Santos a se apropriar do título original para trazer mais anunciantes. Após duas temporadas, no entanto, passou a incorporar o título em inglês e virou "Hell's Kitchen - Cozinha Sob Pressão".

  • Reprodução/Instagram/eliana

    Rodando, rodando...

    A roleta da fortuna já girava muito tempo antes da estreia do "Roda a Roda", que está há quase 15 anos na grade do SBT. O game show em que os participantes devem adivinhar a palavra misteriosa foi batizado originalmente com o nome de "Roletrando". Voltou ao ar com o novo título e a cada temporada está associado a um patrocinador. Atualmente, vão ao programa os vendedores e compradores dos produtos Jequiti, empresa de cosméticos do Grupo Silvio Santos.

  • João B. da Silva/Divulgação

    Perdendo para ganhar

    Silvio Santos já confinou gordinhos em sua Casa dos Artistas, mas em um outro programa. O apresentador teve a sua versão do formato "The Biggest Loser", em que os competidores brigam entre si e contra a balança na disputa pelo prêmio. Exibido em 2005, "O Grande Perdedor" foi bem de audiência, mas a segunda temporada demorou para sair do papel. Somente dois anos depois voltou a ser produzido, desta vez com o nome "Quem Perde Ganha" e sob o comando de Lígia Mendes. Uma explicação para a possível troca de nome seria o apelo do programa junto a anunciantes.