Topo

Famosos

Eduardo Costa, Whindersson e mais famosos que se arrependeram após postar

Reprodução/Instagram Francisco Cepeda e Thiago Duran/AgNews Montagem/UOL
Eduardo Costa e Whindersson Nunes foram alguns famosos que falaram bobagens e depois se arrependeram Imagem: Reprodução/Instagram Francisco Cepeda e Thiago Duran/AgNews Montagem/UOL

Gilvan Marques

Do UOL, em São Paulo

06/12/2018 04h00

Atire a primeira pedra quem nunca se arrependeu após publicar aquele textão ou falar algo sem pensar em público. Em época de redes sociais, a máxima vale (mais do que nunca!) para os famosos.

Seja na web ou na televisão, sempre tem alguma celebridade escorregando na própria língua.

A seguir, UOL relembra alguns desses famosos que falaram algumas bobagens publicamente e tiveram que se retratar em seguida.

  • "Fui babaca"

    Fernanda Lima havia feito um duro discurso contra o machismo e avisou que "a revolução estava apenas começando", durante o programa "Amor & Sexo".  Eduardo Costa, por sua vez, não gostou das palavras da apresentadora e reagiu através de um comentário feito nas redes sociais chamando Fernanda Lima de "imbecil" e dizendo que "a mamata vai acabar".

    Após repercussão, na mesma Globo, Costa pediu desculpas à apresentadora. "A mesma coragem que eu tenho para falar e expor as minhas opiniões em relação a qualquer tipo de assunto, quero ter essa coragem de vir aqui no seu programa e pedir desculpas pra Fernanda Lima, pra família da Fernanda Lima, para o marido dela, para os filhos", disse em vídeo exibido no programa "Conversa com Bial".

  • "Empresa não tem culpa"

    Como muitos famosos, Whindersson Nunes também comentou o caso do cão morto por um segurança do Carrefour em Osasco, na Grande São Paulo. O caso é investigado pela polícia. No Twitter, o youtuber lamentou a morte do animal, mas defendeu a empresa.

    "Vale lembrar que não é empresa inteira que tem culpa, aconteceu no Carrefour de Osasco, um cachorro foi morto a pauladas por um segurança despreparado", disse ele.

    Após receber uma enxurrada de críticas, o youtuber se defendeu. Disse que havia se expressado mal e que queria dizer "desumano" e não "despreparado" ao falar do segurança e desabafou: "Fico triste por que mesmo depois de falar várias coisas certas, e ajudar animais com as minhas ações (só esse mês foram mais de R$ 60 mil pra casas que cuidam de animais abandonados), as pessoas ainda causam por um tweet que me expressei mal, metem o pau em mim".

  • Emilly penetra?

    Depois de dizer que a ex-BBB Emilly Araújo foi de penetra em sua festa de aniversário de 34 anos, em agosto do ano passado, Tatá Werneck voltou atrás. Ela ligou para a campeã de "Big Brother Brasil 17" e desfez aquilo que chamou apenas de um "mal entendido". "Amigos, liguei para a Emilly e desfiz o mal entendido. Assim surgem as novas amizades", disse Tatá, no Twitter.

  • "Não sou sua amiga!"

    Muito ativa nas redes sociais, Bruna Marquezine não gosta de deixar provocação sem resposta --e também já se arrependeu por ter se excedido. Em julho, logo depois da eliminação da Seleção brasileira na Copa do Mundo, a atriz publicou um post dando o seu apoio ao então namorado, Neymar.

    Acontece que alguns seguidores reclamaram daquilo que chamaram de "textão". "Miga, sem textão", disse uma delas. Irritada, Bruna rebateu: "Não sou sua miga". Minutos depois, voltou atrás e escreveu: "Desculpa, fui grossa, perdão."

  • Gente hanseníase?

    Anitta precisou ir ao Facebook e publicar um pedido de desculpas depois de virar alvo de críticas por uma frase que soou preconceituosa. "Eu só convido gente que eu amo, não convido gente hanseníase", disse a cantora no programa que apresentou no Multishow, em abril.

    Claro que expressão não pegou bem, e ela teve de se explicar publicamente. "Galera, no último 'Anitta Entrou no Grupo' eu errei ao dizer 'pessoa hanseníase' em vez de dizer pessoas que tenho ranço. Me expressei mal e posso ter ofendido alguém. Gostaria de pedir desculpas por isso e me retratar aqui. Além disso, reforçar que Hanseníase é coisa séria e atinge muitas pessoas pelo mundo".

  • A culpa foi do vinho...

    Em 2015, durante uma viagem ao Vietnã, José de Abreu disse ter sido assaltado três vezes e, numa série de tweets, destilou xingamentos. No desabafo, o ator disse que o vietnamita era "o mais filho da puta" que existe e disse que o país é a "São Paulo asiática".

    Uma chuva de críticas depois e o ator decidiu apagar as ofensas e pedir desculpas pelas "bobagens" publicadas em seu perfil. Na ocasião, ele disse que o "vinho de arroz" havia colaborado para o erro.

  • "Garota de programa infantil e imbecil"

    Em 2017, Joel Datena defendeu a punição física a uma criança de 10 anos, que dirigiu o carro da mãe e filmou a brincadeira, durante o "Brasil Urgente". Xuxa viu o programa e disparou críticas contra o apresentador nas redes sociais. Foi o estopim para Datena entrar na confusão, defender o seu filho e chamar Xuxa de "garota de programa infantil e imbecil".

    "Olha, para dizer a verdade, uma das poucas vezes que eu quis dar umas palmadas no meu filho Joel, e foram poucas às vezes, era quando ele assistia aquela garota de programa infantil, que cresceu e continua infantil, e além disso, imbecil", dizia Datena no vídeo.

    Ao UOL, o apresentador reconheceu que se excedeu. "Mandei uma frase infeliz, não foi legal. Muitas pessoas me disseram que eu não devia ter falado, e eu acho que elas têm razão", afirmou.