PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Girl power: Mulheres dão as cartas na nova temporada de "GoT"

Do UOL, em São Paulo

23/05/2016 16h50

“Game of Thrones” já foi muito criticada por explorar excessivamente a nudez feminina e por pesar a mão em cenas de estupro - algumas que, inclusive, se tratavam de sexo consensual nos livros. Mas a sexta temporada parece estar caminhando para redimir a série, já que são as personagens femininas que têm dado as cartas da trama. Confira abaixo os momentos mais girl power da sexta temporada.

ALERTA: O TEXTO ABAIXO CONTÉM SPOILERS DA SEXTA TEMPORADA DE "GAME OF THRONES". NÃO LEIA SE VOCÊ NÃO QUER SABER O QUE ACONTECE

  • Reprodução/Game of Thrones

    Daenerys queima os inimigos

    As expectativas para Daenerys não eram as melhores no início da temporada: ela estava sob domínio dos dothraki, que estavam loucos para confiná-la eternamente com outras khaleesis viúvas no templo sagrado de Dosh Khaleen - o que não era nem um condizente com a ambição dela de dominar Westeros. Após recusar a ajuda de Jorah e Daario, ela foi levada para ser julgada por um grupo de khals e reforçou suas intenções de estender seu reinado. Como era de se esperar, os khals zombaram dela e ameaçaram estupra-la - mas Daenerys não deixou barato e queimou os rivais vivos, escapando ilesa das chamas e, de quebra, conseguindo vários novo seguidores.

  • Divulgação/HBO

    Sansa quer retomar Winterfell

    Sansa passou cinco temporadas sofrendo e tentando e adaptar para sobreviver, mas finalmente resolveu partir para o confronto direto. Decidida como poucas vezes na série, ela reencontrou Jon Snow -- que voltou da morte pouco disposto a lutar -- e o convenceu da obrigação dos dois entrarem em uma guerra para retomar Winterfell, lar de sua família. E ela ainda enfrentou Mindinho e enviou Brienne para conseguir o apoio do exército do tio, Brynden Tully. Estamos todos ansiosos para vê-la se vingando de Ramsay.

  • Divulgação/HBO

    Arya apanha, mas resiste

    A trama de Arya e seu treinamento pode estar um pouco arrastada, mas mostra que a força da jovem Stark ainda está lá. Ela teve sua visão restaurada e tem repetido que já se tornou "ninguém", mas está mais do que claro que sua essência permanece - e todo esse treinamento deve ser bem empregado quando ela retornar a Westeros.

  • Divulgação/HBO

    Cersei articula nos bastidores

    Uma das grandes articuladoras da série, Cersei mostrou que ainda pode comandar o jogo em Porto Real, mesmo tendo sido humilhada publicamente. Já preparando uma resposta ao Alto Pardal, a Rainha Mãe convocou o exército dos Tyrell para impedir a caminhada da vergonha da nora Margaery, no que promete ser um dos grandes momentos futuros da série.

  • Divulgação/HBO

    Melisandre traz momento mais esperado

    A sacerdotisa vermelha pode estar um pouco apagada nos últimos episódios da série, mas ela foi responsável pelo momento mais esperado pelos fãs: a ressurreição de Jon Snow.

  • Divulgação/HBO

    Yara mostra força

    Yara foi o braço direito do pai nas Ilhas de Ferro durante anos - e não hesitou antes de reivindicar o trono que ficou vago após a morte dele. A iniciativa pode não ter dado certo, mas ela juntou os homens leais a ela e o irmão, Theon, e zarpou das ilhas com os melhores barcos. Será que teremos um encontro de rainhas entre ela e Daenerys?

  • Divulgação

    As serpentes tomam o poder

    Ellaria Sand e suas filhas se cansaram da gestão do príncipe Doran em Dorne -- principalmente pela falta de uma resposta à morte de Oberyn, na quarta temporada -- e deram um golpe, assassinando tanto o príncipe quanto o seu filho, Trystan. Para não deixar dúvida, Ellaria foi bem clara ao matar Doran: "Dorne nunca mais será governada por homens fracos", disse. Resta saber qual será o impacto disso para o resto da série.

TV e Famosos