Topo

TV e Famosos

Lindsay Lohan completa 30 anos. Veja cinco motivos para voltarmos a amá-la

Reprodução/Instagram
LiLo completa 30 anos após muita polêmica e promete voltar a ativa em breve Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, em São Paulo

02/07/2016 07h00

Parece que foi ontem que Lindsay Lohan enchia a nossa tela de alegria nas férias de julho interpretando as gêmeas ruivinhas de “Operação Cupido”, mas LiLo completa 30 anos neste sábado (2). De atriz prodígio a decadente, Lindsay já era milionária antes dos 15 e conseguiu viver pelo menos duas vidas em uma, com idas para a prisão, reabilitação, problemas com drogas, bebidas e até furtos em lojas de joias entre 2007 e 2013. Mas LiLo também deixou um ótimo legado e boas memórias para a geração que cresceu assistindo filminhos da "Sessão da Tarde". Confira cinco motivos por que ela merece uma nova chance:
 

  • Divulgação

    Criança prodígio

    Em 1998, Lindsay Lohan entrou para o encantado mundo da Disney em "Operação Cupido" e chamou a atenção interpretando duas personagens na mesma produção, a gêmea "pobre", Allie Parker, e a gêmea rica, Annie James. O filme arrecadou US$ 92 milhões e LiLo conquistou o coração de milhares de fãs com seu jeito fofo. Ela ainda foi indicada ao "Young Artist Awards", venceu a categoria de "Melhor Desempenho em um Filme" e fechou contrato com a Disney para mais três filmes. Nossa estrela começava a brilhar!

  • Divulgação

    Na crista da onda

    Em 2003, Lindsay mostrou a que veio e encarou trocar de personagem com Jamie Lee Curtis em "Sexta-feira Muito Louca". A história narrava a difícil relação de mãe e filha que trocavam de corpos após uma briga. Lindsay também começou a despontar para a sua carreira de cantora e gravou a faixa "Ultimate", que tocava no encerramento do longa. Com US$ 160 milhões de bilheteria, a atriz levou o premio de de "Melhor Revelação Feminina" no MTV Movie Awards 2004.

  • Reprodução

    O auge da carreira

    O filme "Meninas Malvadas" (2004) marcou a transição de LiLo de adolescente para uma jovem com atitude, além de ter sido seu primeiro longa fora da Disney. A produção fez sucesso entre os adolescentes ao retratar o bulliyng com certa realidade e arrecadou US$ 129 milhões. No Brasil, memes com Candy Heron e Regina George bombam até hoje na internet e fãs torcem por uma continuação com elas na fase adulta. Lohan recebeu quatro "Teen Choice Awards 2004" por sua atuação e dois MTV Movie Awards 2005. Ela também lançou seu primeiro álbumm "Speak", que atingiu a 4ª posição na lista dos mais vendidos nos Estados Unidos. Foi o auge de sua carreira.

  • AP/Brainpix/Montagem

    Sucesso no necrotério

    Em 2011, Lindsay já estava encrencada com a Justiça até o pescoço por problemas com drogas, furto em uma joalheria e por ter faltado nas aulas de reabilitação. Após ter sido presa por 90 dias e ter cumprido parte da pena numa clínica, ela foi condenada a trabalhar num necrotério. Corajosa, LiLo enfrentou os mortos, cumpriu seu dever porque já não aguentava mais ir para o tribunal e se viu livre - finalmente - em anos. No Twitter, a atriz foi a melhor pessoa ao falar sobre a experiência. "Tirei um peso enorme das minhas costas. Estou feliz e grata por estar seguindo em frente", disse na época.

  • Reprodução/Instagram lindsaylohan

    Vida nova

    Lindsay anda meio sumida, quieta no canto dela, mas se engana quem pensa que ela parou. A atriz está noiva do herdeiro bilionário russo Egor Tarabasov e disposta a colocar sua carreira no cinema de volta nos trilhos, além de lançar um livro. "[Quero] fazer mais filmes, escrever meu livro, começar minha instituição de caridade, trabalhar com crianças. Talvez ter minhas próprias crianças em breve - depois que tiver feito alguns filmes, em primeiro lugar", disse em recente entrevista à revista "Vanity Fair". Volta LiLo, a gente ama você.

Mais TV e Famosos