Topo

TV e Famosos

"O Outro Lado" ou TV Justiça? 5 situações que foram parar nos tribunais

Reprodução/Globo/Montagem UOL
Novela das 21h teve diversas cenas de julgamento Imagem: Reprodução/Globo/Montagem UOL

Do UOL, em São Paulo

18/04/2018 04h00

"O Outro Lado do Paraíso" entra em sua reta final com uma extensa lista de crimes. Acusações de assassinato, falsidade ideológica, corrupção e até condenação por pedofilia: aconteceu de tudo na novela da Walcyr Carrasco.

Com tantos problemas com a justiça, é natural que os personagens do folhetim das 21h acabem indo parar no tribunal. Ao longo da trama, foram diversos momentos em que atores tiveram que vestir a toga ou esperar ansiosos os desfechos dos julgamentos nas salas de audiência.

As situações são tantas, que às vezes é difícil saber se o espectador está vendo a novela ou uma transmissão da TV Justiça. O UOL lista alguns dos casos marcantes da trama:

  • Reprodução/Globo

    Duda, na verdade, é Beth

    O primeiro grande julgamento da trama foi o de Elizabeth (Gloria Pires) que, na época, ainda utilizava a identidade de Duda. O martírio da mãe de Clara (Bianca Bin) durou cinco capítulos, quando ela foi quase condenada por assassinato -- ela havia assumido a culpa pelo assassinato de Laerte (Raphal Vianna) para proteger a filha, que poderia ser acusada do crime.

    Foram horas de depoimentos bombásticos, como de dona Caetana (Laura Cardoso), que surpreendeu a todos com seu jeito desbocado. Adicione revelações, como a de que Adriana (Julia Dalavia) era filha de Beth e a de que Renan (Marcello Novaes) estava vivo e... pronto! O julgamento de Beth cravou bons pontos na audiência e marcou uma das viradas da novela.

  • Reprodução/TV Globo

    O delegado pedófilo

    Uma das sequências mais comentadas da trama foi o julgamento de Vinícius (Flávio Tolezani), condenado por pedofilia.

    No início, o delegado tinha certeza que seria inocentado, mas conforme as provas apareceram, ele percebeu que seria condenado. Em determinado momento, ele resolveu confessar seus crimes, chocando todos os presentes.

    A cena rendeu à novela recorde de audiência. Nilson Xavier, colunista do UOL, apontou que o entrecho serviu para conscientização e esclarecimento de vítimas reais, reforçando que se deve sempre denunciar tais casos. Leia mais

  • Reprodução/Globo

    O juiz sócio de bordel

    Juiz corrupto de Palmas, Gustavo (Luís Melo) foi o terceiro alvo da vingança de Clara. Depois de conseguir provar que ele era sócio do bordel de Pedra Santa, a mocinha o denunciou. Por ser juiz, ele era impedido de ser sócio de qualquer negócio, ainda mais de um bordel.

    Foram momentos de tensão, repletos de closes dramáticos no rosto do juiz, que ainda tinha um resquício de esperança. De nada adiantou. Quando tudo acabou, Gustavo perdeu seu cargo e saiu derrotado da sala.

  • Reprodução/Gshow

    O suposto roubo de Clara

    A mocinha vingativa da novela das 21h precisou ficar duas vezes em frente ao juiz. Na primeira, Clara enfrentou uma audiência por conta de um processo que Fabiana (Fernanda Rodrigues) e Renato (Rafael Cardoso) moveram contra ela. Nessa ocasião, foi decidido que os bens da neta de Josafá (Lima Duarte) ficaram bloqueados pela justiça até que ficasse esclarecido se ela roubou ou não os quadros de Beatriz (Nathalia Timberg).

    Depois, um novo julgamento foi marcado para decidir o futuro da mocinha. Entretanto, Patrick (Thiago Fragoso) conseguiu uma testemunha surpresa. Hermínia (Marília Martins), atual diretora da clínica Santa Justina, revela que Beatriz sempre esteve lúcida, e que ela foi mantida em cárcere privado pela neta, garantindo a vitória de Clara e destruindo as ambições de Fabiana.

  • Reprodução/GShow/O Outro Lado do Paraíso

    Sophia, o que é teu está guardado!

    Grande algoz de Clara, Sophia (Marieta Severo) finalmente sentará no banco dos réus em "O Outro Lado do Paraíso". Segundo o site Notícias da TV, parceiro do UOL, A grande vilã da novela será presa e julgada pelos inúmeros assassinatos que cometeu.

    Ao final do processo, o júri atestará que a megera é psicopata, e decidirá enviá-la para um manicômio judiciário, da mesma forma que ela fez com Clara no começo da novela, encerrando assim a vingança da protagonista.

Mais TV e Famosos