Topo

TV e Famosos


Órfão de Bibi e Jeiza? Veja quem amar e odiar em "O Outro Lado do Paraíso"

Do UOL, no Rio

24/10/2017 04h00

Ainda não se acostumou com a ausência de Bibi (Juliana Paes) na sua rotina diária desde o fim de "A Força do Querer"? Está morrendo de saudade de Jeiza (Paolla Oliveira)? Ficaria contente até de rever Ritinha (Isis Valverde), que dividiu opiniões, ou de Rubinho (Emílio Dantas), um criminoso incorrigível, na sua TV? Seus problemas acabaram!

"O Outro Lado do Paraíso", de Walcyr Carrasco, apresentou na sua estreia, na última segunda-feira (23), uma galeria de personagens candidatos a preencher esse vazio. Mesmo com uma história bem diferente, com tipos bastante distintos dos criados por Gloria Perez, já é possível apostar em quem vai despertar nosso ódio, provocar nossa empatia ou ganhar nosso coração em poucos capítulos.

  • Clara (Bianca Bin)

    Você pode até não lembrar, mas houve um tempo em que Bibi (Juliana Paes) era a ingenuidade em pessoa, do tipo que que acreditava em todas as mentiras do marido - inclusive a de que ele era um homem correto. Pois a mocinha da novela de Walcyr Carrasco vai sofrer poucas e boas por sua inocência, o que pode despertar tanto o amor quanto o ódio do telespectador. Na trama, a jovem se apaixona à primeira vista por Gael (Sergio Guizé) e acredita que vai viver um conto de fadas ao lado do amado, mas acaba sofrendo grandes decepções e vira vítima de armações da sogra, Sophia (Marieta Severo), e da cunhada Lívia (Grazi Massafera). Até o filho, Tomaz (Vitor Figueiredo), ela vai perder, além da própria liberdade: ela amarga dez anos presa numa instituição psiquiátrica.

  • Gael (Sergio Guizé)

    Sedutor, carismático, dedicado. Os adjetivos que pintavam Rubinho (Emilio Dantas) como um príncipe encantado para sua Bibi também caem como uma luva para o filho mais velho de Sophia (Marieta Severo) na nova novela das 21h. Seu temperamento instável, seu machismo e sua agressividade, porém, logo vêm à tona, e o casamento perfeito vira uma relação tóxica, assim como a do traficante e da Perigosa na trama de Gloria Perez.

  • Renato (Rafael Cardoso)

    Do outro lado do triângulo amoroso, o médico ganha pontos com o público por ser o porto seguro de Clara (Bianca Bin): é ele quem cuida da professora quando ela é agredida pelo marido. Assim como Caio (Rodrigo Lombardi) em "A Força do Querer", é apaixonado pela mocinha, que acaba perdendo para o rival.

  • Sophia (Marieta Severo)

    Vilã com V maiúsculo. A grande antagonista de "Outro Lado do Paraíso" é gananciosa, manipuladora e não conhece limites para conquistar seus objetivos, como internar a nora que impedia a exploração de esmeraldas em suas terras. A descrição te lembra alguém? Assim como a Irene (Débora Falabella) da trama anterior, a megera promete catalisar toda a antipatia do público. Destratar a filha Estela (Juliana Caldas) também ajuda a torná-la uma pessoa odiável.

  • Lívia (Grazi Massafera)

    Com uma mãe como Sophia, ela tem a quem puxar no quesito vilania, e o fato de roubar o sobrinho, Tomaz (Vitor Figueiredo), não ajuda a limpar sua barra, mesmo com toda sua vontade frustrada de ser mãe. Mas sua personalidade livre, seu jeito debochado e sua postura cheia de atitude lembram muito o de uma certa sereia que não aceitava os limites de Parazinho ou as regras da sociedade. Resta saber se a personagem - assim como a Ritinha (Isis Valverde) de "A Força do Querer" - provoca mais atração ou repulsa.

  • Estela (Juliana Caldas)

    O que a caçula de Sophia e Ivan (Carol Duarte) têm em comum? Foram rejeitados pela própria família apenas por serem quem são. E esse ponto pode ser a chave para fazer a personagem de Walcyr Carrasco fisgar a simpatia do público, assim como o jovem transgênero na trama anterior. Carinhosa e romântica, Estela sofre com a rejeição da mãe, que tem vergonha da filha por ela ser anã e fica frustrada ao saber que ela quer voltar a morar no Brasil.

  • Elizabeth (Gloria Pires)

    O drama da personagem tem tudo para tocar o coração do telespectador que se emocionou com Silvana (Lilia Cabral) em "A Força do Querer" e torceu por sua recuperação. Aqui, ela também vai precisar de muita força para se livrar da depressão e do alcoolismo após cair numa grande armação do sogro, Natanael (Juca de Oliveira), que a obriga a forjar a própria morte e assumir uma nova identidade.

  • Raquel (Erika Januza)

    Se Jeiza (Paolla Oliveira) provava que lugar de mulher é onde ela quiser - seja na Polícia Militar ou no ringue do MMA -, a amiga de Clara (Bianca Bin) vai mostrar que é tão guerreira quanto. A jovem, que vive no quilombo onde trabalha com capim dourado e sonha estudar em Palmas, vai enfrentar demonstrações explícitas de racismo e preconceito social ao se envolver com o estudante de Direito Bruno (Caio Paduan).

Mais TV e Famosos