Famosos

Ovelha negra dos Abravanel, Patricia completa 40 anos cercada de polêmicas

Reprodução/Instagram
Patrícia Abravanel completa 40 anos nesta quarta-feira (4) Imagem: Reprodução/Instagram

Do UOL, no Rio

04/10/2017 04h00

A filha número 4 , "queridinha do papai" e mais provável sucessora de Silvio Santos em frente às câmeras, Patricia completa 40 anos nesta quarta-feira (4). Relembramos oito polêmicas envolvendo a apresentadora: a citação de seu nome em uma delação da JBS, o sequestro e sua fama de má aluna. Confira!

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    Turma do fundão

    A fama de ovelha negra dos Abravanel começou na infância. "Fui muito rebelde. Acho que eu tinha muita energia para gastar e aprontava todas na escola. Quando repeti a quarta série, me lembro que era a época da febre do minibuggy. Todas as minhas irmãs ganharam, menos eu", contou em entrevista à revista ?TPM?. Anos depois, já no Ensino Médio, ela foi expulsa da escola americana Graded, em São Paulo. "Eu queria chamar a atenção, era superbagunceira, da turma do fundão que agitava a classe inteira. Como o comportamento não estava bom e nem as notas, chamaram meus pais e não teve jeito, fui expulsa. Foi um trauma."

  • Imagem: Leonardo Nones/SBT
    Leonardo Nones/SBT
    Imagem: Leonardo Nones/SBT

    Pobre menina rica

    Com 1m60 e 50 quilos, a filha de Silvio Santos já enfrentou problemas com a aparência quando era mais nova. "Tive bulimia, sofri de anorexia e tomei Prozac dos 17 aos 21 anos. Sentia culpa por ser rica e bonita, mas infeliz", disse à revista "Veja" em 2009. Durante as apresentações mais ousadas no programa "Máquina da Fama", ela confessa que se sentiu tímida em alguns momentos. No programa, ela já usou collant justinho para imitar Beyoncé. "Eu mega arrasei! Me entreguei, diva por um dia! Nem acredito que tive coragem."

  • Imagem: Paulo Whitaker/Reuters
    Paulo Whitaker/Reuters
    Imagem: Paulo Whitaker/Reuters

    Sete dias sequestrada

    A filha de Silvio Santos foi alvo de um sequestro em São Paulo, em 2001, e foi mantida em cárcere por uma semana. Após ser libertada, ela deu uma entrevista na varanda da casa da família no Morumbi e disse que perdoava os criminosos. Ela contou que estava com a Bíblia e que um dos sequestradores escreveu: "Você é a melhor pessoa do mundo". "Eles falaram que me Deus era poderoso, que eles não estavam entendendo como eles não conseguiam colocar a mão em mim", contou. Tempos depois do ocorrido, Patricia negou que tivesse sofrido de Síndrome de Estocolmo, quando a vítima se apaga ao seu algoz.

  • Imagem: Reprodução/Instagram
    Reprodução/Instagram
    Imagem: Reprodução/Instagram

    Pai judeu, mãe evangélica

    A apresentadora do SBT chegou a ser graduada pastora da Igreja Vida Nova, que ela frequentou ao lado de sua mãe, Iris Abravanel, e foi casada por sete anos com Phillipe Carrasco, filho dos pastores e fundadores da mesma comunidade evangélica. "Sou submissa porque assim ensina a Bíblia", disse ela à "Veja". No fim do sequestro da filha, em 2001, Silvio Santos, que é judeu, brincou ao ouvi-la falar de Deus aos repórteres: "Vocês já perceberam que ela é pastora".

  • Imagem: Rafael Cusato/SBT
    Rafael Cusato/SBT
    Imagem: Rafael Cusato/SBT

    Antes da fama

    Foi apenas aos 33 anos que Patricia decidiu investir na carreira artística. Pós-graduada em administração nos EUA, ela foi estagiária nas empresas do pai. Em entrevista à revista "TPM", em 2015, ela disse que tinha medo da reação de Silvio. "Sempre existiu uma vontadezinha de ser apresentadora, mas nunca tive coragem de assumir. Até o dia em que falei e meu pai perguntou por que não fazer um teste. Fiz e me achei simpática no vídeo. Eu tinha medo da reação dele. Não achei que iria me encorajar tanto." Hoje, Patricia é a herdeira de Silvio Santos diante das câmeras e substituta de Eliana, estrela da emissora, que acaba de dar à luz.

  • Imagem: Lourival Ribeiro/SBT
    Lourival Ribeiro/SBT
    Imagem: Lourival Ribeiro/SBT

    Em nome do pai

    Neste caso, a polêmica não é bem de Patricia, mas sim de seu pai. A filha número 4 comprou uma briga com Fernanda Lima, depois de a apresentadora do ?Amor & Sexo? usar seu Instagram para compartilhar um texto crítico aos comentários de cunho machista e preconceituoso do dono do SBT. Patricia comentou o post: "Nossa, Fernanda Lima, estou com a maior preguiça de você" Qual sua intenção? Quer aparecer? Pode deixar, vou parar de te seguir, mas não aguentei. Preguiça MASTER. Tudo é um mimimi, mais leveza".

  • Imagem: Reprodução/Instagram
    Reprodução/Instagram
    Imagem: Reprodução/Instagram

    Ex de famosas, deputado, marido

    A lista de ex de Fabio é bem conhecida. Ele ficou por três anos com Sabrina Sato e, na época, Adriane Galisteu, outra ex famosa do deputado, disse em um programa de TV: ?Quando ganhar um presente dele, peça nota fiscal ou pergunte de onde veio o dinheiro?. Adriane teria viajado com passagem aérea comprada com dinheiro público. No início do relacionamento, em 2013, Patricia foi resistente. A primeira iniciativa dele foi pelas redes sociais, depois enviou flores. "Achei péssimo! Como assim mandar flores? Ele nem me conhecia...", contou à ?TPM?. A insistência do deputado acabou vencendo. "O Fábio se mostrou um cara muito parecido comigo, com os mesmos valores. E foi aprovadíssimo pelo meu pai." O casal oficializou o casamento em abril deste ano. Eles já são pais de Pedro, de 2 anos, e esperam agora uma menina.

  • Imagem: Leonardo Nones/SBT
    Leonardo Nones/SBT
    Imagem: Leonardo Nones/SBT

    Escândalo político

    Em maio deste ano, Patricia foi citada na escandalosa delação da JBS. Ela teria participado de um jantar na casa de Joesley Batista para negociar propina em favor de seu sogro Robinson Faria (PSD-RN), governador do Rio Grande do Norte. "Foi o Fábio Faria com a noiva dele, Patrícia Abravanel, filha do Silvio Santos, o Robinson faria com a esposa dele, nós todos com as nossas esposas para tratarmos de propina", afirmou Ricardo Saud, diretor do grupo, em delação premiada. Em agosto, uma mensagem de áudio de Ticiana Villas Boas, mulher de Joesley e também apresentadora do SBT, para Patrícia fez o assunto repercutir novamente. "É... aquele jantar, imagina só, não tem nada a ver... do que falaram, foi um jantar normal, eu não vi nada de, de, de, dinheiro, de... de nada que beirasse ser ilícito." O casal tenta anular a parte da delação na qual são citados.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
do UOL
TV e Famosos
Colunas - Flavio Ricco
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
do UOL
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
TV e Famosos
Topo