PUBLICIDADE
Topo

TV e Famosos

Por que "Segundo Sol" é uma novela antiquada para 2018?

Rochelle (Giovanna Lancellotti) e Karola (Deborah Secco) em "Segundo Sol" - Montagem/UOL
Rochelle (Giovanna Lancellotti) e Karola (Deborah Secco) em "Segundo Sol" Imagem: Montagem/UOL

Carolina Farias

Do UOL, no Rio

02/10/2018 04h00

Na semana passada "Segundo Sol" revoltou boa parte dos telespectadores com duas situações condenáveis: a Revenge Porn ou Pornografia da Vingança de Luzia (Giovanna Antonelli) contra Karola (Deborah Secco) ao divulgar em um show um vídeo dela de sexo com Remy (Vladimir Brichta) e a acusação falsa de tentativa de estupro de Rochelle (Giovanna Lancellotti) contra Roberva (Fabricio Boliveira).

Em pleno 2018, João Emanuel Carneiro usou recursos que até há anos atrás na dramaturgia seriam questionáveis. Além das situações acima, o UOL relembra de outras situações que são um desserviço para o público, principalmente o feminino.

  • Reprodução/Globo

    Pornografia da Vingança

    No primeiro grande show de Beto Falcão (Emilio Dantas) após a revelação de que ele está vivo, Karola é desmascarada na frente do público e da família do cantor. Um vídeo gravado escondido por Remy em que ele e Karola aparecem transando é exibido no show. A armação foi feita por Luzia para se vingar da ex de Beto e contou com a ajuda de Galdino (Narcival Rubens), que roubou o pendrive com as imagens da casa de Laureta (Adriana Esteves). Além de exposta, Karola ainda é humilhada pelo público do show, que joga contra ela bebidas e até urina.

    A prática de divulgar vídeos íntimos geralmente são atribuídas a parceiros inconformados com algum tipo de conduta da mulher no relacionamento, como o término, por exemplo. No Brasil, ele é tipificado como crime na lei 13.718, alterada neste ano para abrigar o crime. A pena previsão é de um a cinco anos

  • Paulo Belote/Globo

    Golpe da barriga

    Rosa (Leticia Colin) começou a trama como mulher empoderada e inteligente, mas aos poucos foi mudando de perfil. Ao aceitar suborno de Laureta e não revelar a Valentim (Danilo Mesquita) que descobriu que ele é filho de Luzia e não de Karola, Rosa "vendeu a alma", como reclamam os telespectadores no Twitter. Outra falha imperdoável para o público da ex-garota de programa foi aceitar enganar o namorado dizendo que o filho que espera é dele e não de Ícaro

  • Reprodução/Globo

    Agressão sem punição

    Quando descobriu prestes a subir ao altar para se casar com Cacau (Fabiula Nascimento), que a noiva o havia traído com Edgar (Caco Ciocler), Roberval resolveu esperar a noiva caminhar até o altar e o padre começar a cerimônia para então começar o seu "show" de vingança. Aos berros, ele xinga a noiva de "vagabunda", "ordinária" e chega a rasgar seu vestido perante todos os convidados, que não reagem - apenas Ícaro (Chay Suede), seu sobrinho, tenta conter Roberval. Ao final da cena e na sequência seguinte, Cacau aparece sendo consolada pela irmã Luzia e Ícaro, mas não faz nenhuma menção de denunciar Roberval na Delegacia de Mulheres. Mesmo passando por isso, na fase atual da trama, Cacau dá sinais que pode se reconciliar com o ex

  • Reprodução/Globo

    Acusação falsa de estupro

    Sem conseguir convencer Roberval (Fabricio Boliveira) de que tem que continuar a viver na mansão da família comprada por ele, Rochelle (Giovanna Lancellotti) rasga as próprias roupas e simula marcas de agressão para acusar o tio de tentativa de estupro. A ideia da jovem mimada era fazer com que Roberval a deixasse continuar a morar na mansão.

  • João Cotta/Globo

    Rivalidade feminina

    O velho clichê da rivalidade feminina, sempre provocada pela disputa do amor de um homem, se apresentou logo na primeira semana de "Segundo Sol". Quando Karola descobre que Miguel/Beto Falcão se apaixonou em Boiporã por Luzia ela corre para a pequena cidade para marcar seu território se dizendo noiva e ainda grávida do cantor. Desde então, as duas brigam pela posição de mulher de Beto Falcão.

  • Reprodução/Globo

    Cura gay?

    Maura (Nanda Costa) desde o início da trama se apresentou como personagem lésbica, que mantinha um relacionamento com Selma (Carol Fazu). Ela chegou a se abrir para a irmã, Rosa, e para a mãe, Nice (Kelzy Ecard), em uma das cenas mais emocionantes da trama. A policial contou com a ajuda de Ionan (Armando Babaioff), seu colega de trabalho que lhe doou sêmen para que ela realizasse o sonho de ser mãe ao lado da companheira. Mas, a relação dos dois parece ir para outro caminho. Os dois já se beijaram em algumas ocasiões e Ionan já se declarou para Maura, que demonstra estar balançada pelo policial

TV e Famosos