Topo

TV e Famosos

"Prova de fogo", sexo e vilã diferente: 6 curiosidades de "Outro Lado"

Paulo Belote/Globo
Imagem: Paulo Belote/Globo

do UOL, no Rio

31/03/2018 04h00

Será que você sabe tudo sobre "O Outro Lado do Paraíso"? Assistir a novela todos os dias não garante que o telespectador saiba tudo sobre a trama, que poderia até ter outro nome. Quem você acha que foi escalada primeiro para interpretar a mocinha vingativa Clara? Hoje a atriz também é protagonista, mas de outra novela. E o Renato? Será que Cauã Reymond na pele do vilão poderia mudar sua personalidade?

UOL preparou uma lista com algumas das curiosidades que mostram que a novela também sofreu reviravoltas também atrás das câmeras. 

  • Reprodução/Instagram/birdsv0v

    Sexo vazado

    Uma cena quente de sexo entre Lívia (Grazi Massafera) e Renato (Rafael Cardoso) que prometia polemizar logo no início da trama não foi ao ar. Isso porque as imagens do casal transando ao ar livre, sobre uma caminhonete, vazaram na imprensa após um fotógrafo fazer imagens da gravação, que aconteceu no Tocantins. A sequência foi substituída por cenas em que os dois fizeram sexo no apartamento do médico. A Globo confirmou que as imagens foram regravadas. "Foi uma decisão artística sem perda alguma para a trama", disse a emissora em comunicado na ocasião. Leia mais

  • Divulgação

    Quarta opção

    A destemida Clara teria outra intérprete, já que Bianca Bin foi a quarta opção para fazer a vingativa protagonista. A primeira opção de Walcyr Carrasco foi Bruna Marquezine, que não aceitou o convite. Nathalia Dill foi a segunda opção, mas também declinou. O autor também pensou em Carolina Dieckmann, que também foi chamada e recusou o papel (que também poderia ser o de Lívia [Grazi Massafera]) para ficar com a família, que vive nos Estados Unidos. Bianca já havia trabalhado com Carrasco em "Êta Mundo Bão" e seu desempenho na trama e o sucesso de Clara mostra que a escolha foi acertada. Leia mais

  •  Estevam Avellar/Globo

    Cotada para vilãs

    Patrícia Pillar fez uma das vilãs mais inesquecíveis da teledramaturgia nacional. Difícil não se lembrar de Flora de "A Favorita" (2008) quando listamos as maiores malvadas das novelas. Pois a atriz foi cotada para os papeis de Sophia (Marieta Severo) e também o da megera Nádia (Eliane Giardini), mas a atriz negou ambos. Já pensou em ver as tesouradas pelas mãos de Patrícia? A atriz estará na supersérie das 23h "Onde Nascem os Fortes", prevista para ir ao ar em abril.

  • Divulgação/Globo

    Cauã vilão? Não dessa vez

    Para se dedicar ao filme "Pedro", ainda em produção, Cauã Reymond não aceitou o papel do (agora) vilão Renato no início do ano passado. Sendo assim, Rafael Cardoso teve a chance de voltar para uma trama das 21h. O ator, de 32 anos, já havia se destacado em "Império" (2014), quando fez par romântico com Leandra Leal. Leia mais

  • Raquel Cunha / TV Globo

    Reciclagem de cenas

    A personalidade violenta de Gael (Sergio Guizé) seria revelada logo no primeiro capítulo, com cenas do filho de Sophia (Marieta Severo) agredindo sua primeira mulher, Aline, interpretada por Chandelly Braz. A personagem foge de Gael, após ser espancada, e acaba sendo atropelada. Mas, a direção decidiu não exibir a sequência para não revelar de cara o lado agressivo de Gael. As cenas foram usadas no capítulo do último dia 10 de março, quando ele conta seu passado para Mercedes (Fernanda Montenegro). Leia mais

  • Reprodução/Globo

    "Prova de Fogo"

    É comum que autores mudem de ideia sobre o nome da trama antes mesmo de fecharem o elenco. Walcyr Carrasco chamou a atual novela das 21h inicialmente de "Prova de Fogo", isso ainda no início do ano passado. Mas, em março de 2017 ele já havia mudado para "O Outro Lado do Paraíso". Sua antecessora, "A Força do Querer" foi inicialmente chamada por Gloria Perez de "A Flor do Querer". Leia mais

Mais TV e Famosos