TV e Famosos

Reese, Nicole, Drew: Elas arrasaram no cinema nos 1990 e agora estão na TV

Divulgação e Montagem/UOL
Imagem: Divulgação e Montagem/UOL

Beatriz Amendola

Do UOL, em São Paulo

17/02/2017 04h00

Em Hollywood, a passagem do tempo é implacável para as mulheres. As opções de papéis diminuem e os convites para ser protagonista, também. Nem a dama Meryl Streep, recordista de indicações ao Oscar, foi poupada: depois dos 40, chegou a receber três convites para fazer bruxas em menos de um ano. O cenário vem mudando, mas grandes estrelas dos anos 1990 e 2000, hoje quarentonas, têm recorrido à TV para emplacar projetos inovadores e dar um novo passo em suas carreiras.

Protagonistas de “Big Little Lies”, minissérie da HBO que estreia neste domingo (19), Reese Whiterspoon, 40, e Nicole Kidman, 49, são as mais recentes integrantes desse grupo. Ambas vencedoras do Oscar – Reese por “Johnny & June” e Nicole por “As Horas” –, as atrizes estiveram em longas bem-sucedidos criticamente nos últimos anos, mas não conseguiram repetir os sucessos estrondosos do passado. Agora, elas retornam com uma história que toca em temas como maternidade, violência doméstica e amizade entre mulheres.

O desejo de ver papéis femininos mais diversos foi um dos fatores que levou Reese a aceitar ser protagonista e produtora executiva da atração, ao lado da amiga Nicole. “As coisas têm que mudar, nós temos que começar a ver as mulheres como elas realmente são”, disse ela durante o evento do Television Critics Association, em janeiro.

“Aprendemos com a arte, e o que você pode fazer se nunca vê isso refletido? Estou cansada de ver mulheres incrivelmente talentosas interpretando esposas e namoradas em papéis ingratos. Já vi o bastante disso. É um privilégio único oferecer a outras mulheres um material de que sou muito orgulhosa”, acrescentou.  

Libertação e empoderamento

A primeira grande musa dos anos 1990 a dar os passos para a TV foi Winona Ryder, que atuou na elogiada minissérie “Show Me a Hero”, da HBO, antes de fazer parte do estrondoso sucesso “Stranger Things”, da Netflix. Vivendo a atormentada Joyce, que teve seu filho Will (Noah Schnapp) levado para o Mundo Invertido, a atriz voltou a ter um papel de destaque – coisa que passava longe de sua carreira desde seu infame furto a uma loja, em 2001.

Para Winona, a idade foi decisiva para a mudança que sua carreira tomou.  Aos 45 anos, ela contou ao UOL que a chegada aos 40 a libertou dos papéis jovens que marcaram sua carreira: “Finalmente consegui um papel de acordo com minha idade”.

Quem também se reinventou com uma ajuda da Netflix foi Drew Barrymore, 41. “Santa Clarita Diet”, que estreou em fevereiro, em nada lembra as comédias românticas que consolidaram seu sucesso. Nela, Drew vive Sheila, uma corretora de imóveis que tem sua vida pacata virada de ponta cabeça após se tornar uma zumbi. E, com seu insaciável desejo de comer carne humana, vem também uma vitalidade renovada – por trás da qual está uma mensagem de empoderamento, na opinião da atriz.

Não por mera coincidência, à exceção de Winona, todas as atrizes estão envolvidas como produtoras em seus projetos. “Isso permitiu que eu direcionasse minha carreira, em termos de poder encontrar coisas que de outra forma talvez não me fossem oferecidas, ou que eu não teria a oportunidade de fazer”, afirmou Nicole Kidman recentemente ao “New York Times”. E a tendência deve continuar forte: Meryl Streep se juntou a J.J. Abrams e deve estrear nos próximos anos sua primeira série de TV, uma adaptação do romance “The Nix”. 

Como as que arrasavam no cinema estão hoje na TV

  • Imagem: Divulgação/HBO
    Divulgação/HBO
    Imagem: Divulgação/HBO

    Reese Witherspoon

    Em "Big Little Lies", minissérie baseada no livro homônimo de Liane Moriarty, ela vive Madeline Mackenzie, uma dona de casa rica que vive no subúrbio de Monterrey, na Califórnia. Do tipo que não leva desaforo para casa, ela acaba envolvida em uma rivalidade potencialmente fatal com outra moradora - cuja filha está na mesma classe da sua caçula. Mãe de duas meninas, ela ainda sofre com o afastamento das filhas.

  • Imagem: Divulgação/HBO
    Divulgação/HBO
    Imagem: Divulgação/HBO

    Nicole Kidman

    Ela dá vida a Celeste Wright em "Big Little Lies". Melhor amiga de Madeline (Reese Whiterspoon), Celeste era uma advogada de sucesso que largou a profissão para se dedicar aos filhos gêmeos, fruto de seu casamento com Perry (Alexander Skarsgård), um homem mais novo. Bela e com uma vida aparentemente perfeita, ela é invejada por outras mulheres da cidade - mas, dentro de casa, nem tudo vai tão bem assim.

  • Imagem: Diovulgação/Saeed Adyani/Netflix
    Diovulgação/Saeed Adyani/Netflix
    Imagem: Diovulgação/Saeed Adyani/Netflix

    Drew Barrymore

    Em "Santa Clarita Diet", Drew está na pele de Sheila, corretora que leva uma vida monótona no subúrbio de Santa Clarita, na Califórnia, ao lado do marido Joel (Timothy Olyphant) e da filha Abby (Liv Hewson). Depois de vomitar até seu próprio coração, porém, Sheila vira uma zumbi. E enquanto Sheila e Joel têm de lidar com a nova vitalidade da protagonista, que ganhou mais energia e mais libido, eles se unem para se adaptar ao novo cardápio de casa: carne humana.

  • Imagem: Divulgação/Netflix
    Divulgação/Netflix
    Imagem: Divulgação/Netflix

    Winona Ryder

    Ela deu vida a uma das protagonistas de "Stranger Things", o grande destaque das séries em 2016: Joyce, mãe de Will, menino que some misteriosamente. Uma série de eventos sobrenaturais começa a ocorrer em sua casa e, enquanto muitos acreditam que o menino está morto, ela insiste que pode se comunicar com ele, mas não é levada a sério.

  • Imagem: Reprodução/Facebook/Homeland
    Reprodução/Facebook/Homeland
    Imagem: Reprodução/Facebook/Homeland

    Claire Danes

    Ainda que não tenha tido uma carreira tão marcante quanto as outras atrizes citadas na lista, Claire alcançou o estrelato com "Romeu + Julieta", em 1996. 15 anos depois, em 2011, ela estreou como a agente da CIA Carrie Mathison na série "Homeland", que se provou a escolha mais acertada de sua carreira. Pelo papel, ela recebeu dois Globos de Ouro e dois Emmys.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Topo