Topo

Novelas

Efeito Bibi: 5 personagens que ofuscaram as protagonistas nas novelas

Reprodução/Globo
Imagem: Reprodução/Globo

07/08/2017 04h00

Um dos horários mais disputados e caros da televisão brasileira, a novela das 9 é sempre assunto nas rodas de café, assunto de capas de revista e ser uma protagonista do horário coloca o ator em outro patamar. Mas só conseguir um papel na trama das 21h não significa que o ator conseguiu garantir seu lugar ao sol. Muitas histórias de protagonismo são ofuscadas por vilões e até atores de histórias secundárias, que acabam caindo nas graças do público.

  • Estevam Avellar/Divulgação/TV Globo

    Ritinha x Bibi ("A Força do Querer")

    O trio amoroso Ritinha (Isis Valverde), Zeca (Marco Pigossi) e Jeiza (Paolla Oliveira) tinha tudo para ser a principal história de "A Força do Querer", mas não foi assim que o público quis. Usando uma história real para inspirar a trajetória de Bibi Perigosa, vivida por Juliana Paes, o trio perdeu força e espaço para a personagem, que é louca pelo marido e entra no mundo do tráfico de drogas para fazer com que seu casamento continue dando certo.

  • Divulgação/TV Globo

    Morena x Dr. Helô ("Salve Jorge")

    Morena (Nanda Costa) foi traficada, sofreu nas mãos de bandidos na Turquia, mas nada foi o suficiente para cativar o público com a sua mocinha em "Salve Jorge", de 2012. Delegada responsável pela investigação do tráfico de pessoas, a doutora Helô, vivida por Giovanna Antonelli, roubou a cena e fez muito mais sucesso que a protagonista.

  • Paulo Belote/Divulgação/TV Globo

    Candinho x Maria ("Etâ Mundo Bom")

    Candinho (Sergio Guizé) e Filomena (Débora Nascimento) começaram a trama vivendo um amor proibido em "Etâ Mundo Bom" e, após cair na lábia do vilão Ernesto (Eriberto Leão), a moça foge para São Paulo e é obrigada a trabalhar como dançarina. A trama aparentemente estava bem amarrada, mas não caiu nas graças do público. Por outro lado, Maria (Bianca Bin) passou de um papel pequeno de empregada para a verdadeira protagonista da trama, com sua gravidez escondida.

  • Divulgação/ TV Globo

    Diana x Clara ("Passione")

    Carolina Dieckmann sempre pega bons papéis, mas Diana - a mocinha pé no chão de "Passione" - não agradou o público. A vilã Clara (Mariana Ximenez) cresceu tanto na trama que Diana morreu por complicações no parto no meio da novela. Clara continuou a história fingindo ser mocinha e o desfecho de sua verdadeira personalidade só foi revelada no último capítulo garantindo a audiência.

  • Reprodução/Divulgação

    Helena x Tereza e Luciana ("Viver a Vida")

    É difícil uma Helena do autor Manoel Carlos flopar, mas foi justamente com Taís Araújo que isso aconteceu. A história da top model de "Viver a Vida" era tão chata que foi ofuscada pela antagonista Tereza (Lilia Cabral) e sua filha Luciana (Alinne Morais), que fica tretaplegica após um acidente de ónibus.