TV e Famosos

San Diego Comic-Con faz pré-estreia de séries; veja em quais ficar de olho

Beatriz Amendola

Do UOL, em San Diego (EUA)

21/07/2016 06h42

A edição 2016 da San Diego Comic-Con começou nesta quarta-feira (20) com um mimo para os fãs de séries, já tradição do evento: uma espiadinha em algumas das novidades que irão estrear em breve na TV norte-americana. E boa parte das escolhidas tinha algo em comum: serem derivadas de um filme, caso de "Máquina Mortífera", remake do clássico de ação de 1987 estrelado por Mel Gibson.

O UOL conferiu de perto a exibição das novas séries e adianta o que esperar de cada uma. Confira:

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "Máquina Mortífera"

    A dupla formada pelos policiais Riggs e Murtaugh, interpretados por Gibson e Danny Glover no filme original, ganha nova vida com os atores Clayne Crawford e Damon Wayans. O piloto, que mescla boas doses de humor e sequências de ação, segue a premissa do longa: abalado pela morte da mulher e do filho, Riggins, com sua postura inconsequente, volta ao trabalho como parceiro de Murtaugh, que é praticamente seu oposto, e os dois têm de resolver um caso. O episódio foi dirigido por McG, que já é conhecido do gênero por ter conduzido os dois filmes da franquia "As Panteras". Bem executado, o resultado agradou ao público que acompanhou a pré-estreia. Nos Estados Unidos, a série será exibida pela Fox a partir do dia 21 de setembro.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "Powerless"

    Primeira comédia situada no universo televisivo da DC, a série parte de um tema bem recorrente nas produções sobre super-heróis: os danos causados por eles. Mas em "Powerless" isso é tratado de forma leve e sarcástica, passando longe dos dilemas pesados vistos recentemente nos cinemas em "Batman vs Superman" e "Capitão América: Guerra Civil". A trama, protagonizada por Emily (Vanessa Hudgens), funcionária de uma seguradora especializada em cobrir danos causados pelas brigas entre heróis e vilões, cativa pelo humor, cheio de tiradas ágeis e inteligentes. E há referências de sobra ao universo dos quadrinhos, incluindo uma participação da heroína Raposa Escarlate.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "Frequency"

    Remake do filme "Alta Freqüência", de 2000, a série explora um dos temas que sempre fascinaram a TV e o cinema: a possibilidade de alterar o passado e o futuro. A detetive Raimy Sullivan (Peyton List), consegue contatar seu pai, morto há vinte anos, por meio de um rádio antigo, mas conversas de ambos acabam gerando consequências graves. Apesar de não trazer nenhuma novidade, a série é instigante e deve agradar aos fãs de suspense.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "People of the Earth"

    Com produção do apresentador Conan O'Brien e de Greg Daniels, conhecido por "The Office" e "Parks and Recreation", a comédia foi uma das surpresas interessantes da noite, justamente por trazer algo diferente em meio a produções de universos já conhecidos. A história gira em torno do jornalista Ozzie (Wyatt Cenac), que começa a escrever sobre um grupo de apoio para pessoas abduzidas por alienígenas. Apesar de ser descrente, ele começa a ver sinais de que também poderia ter sido levado pelos aliens, e é obrigado a lidar com isso. Criativa, a série é promissora e deve agradar mesmo quem não é tão chegado em histórias de alienígenas.

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "Riverdale"

    Ícone dos quadrinhos, o ruivo Archie ganha as telinhas com sua turma em uma versão bem menos inocente, com direito a sexo, beijo lésbico, traição e assassinato, bebendo na fonte de séries adolescentes como "Pretty Little Liars" e "Gossip Girl". A história principal gira em torno do triângulo amoroso entre o protagonista (KJ Apa), a amiga Betty (Lili Reinhart) e Verônica (Camila Mendes), mas se desenrola à sombra da morte trágica de um jovem, ocorrida pouco antes --e sobre a qual Archie parece estar escondendo informações importantes. Será que essa nova versão do personagem será bem recebida?

  • Imagem: Reprodução
    Reprodução
    Imagem: Reprodução

    "Time after Time"

    Fechando o bloco das séries baseadas em filmes veio "Time after Time", baseada no filme homônimo de 1979. Na trama, o escritor inglês H. G. Wells (Freddie Stroma), famoso por ter criado o termo "máquina do tempo", viaja a bordo da que ele mesmo criou para ir atrás de Jack, o estripador (Josh Bowman), e evitar que ele cometa mais assassinatos. Os dois, porém, acabam nos dias de hoje, onde dão continuidade à caçada. Truncado, o piloto demora um pouco para engatar.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo