Topo

TV e Famosos

Gael merece perdão? Relembre 6 vilões que foram absolvidos pelo público

Marilia Cabral/Globo
Gael (Sergio Guizé) muda de perfil e pode terminar "Outro Lado" como mocinho Imagem: Marilia Cabral/Globo

do UOL, Rio

15/03/2018 04h00

Desde que saiu da prisão, há dois meses, Gael (Sergio Guizé) dá sinais de que está mudando e pode terminar "O Outro Lado do Paraíso" com fama de mocinho. Apesar da violência contra a então mulher Clara (Bianca Bin), a quem estuprou em plena noite de núpcias e agrediu em mais de uma ocasião, ele começou a colocar as asinhas de anjo de fora. Será que Walcyr Carrasco vai dar essa chance ao filho de Sophia (Marieta Severo)?

Em "Amor à Vida" (2013), Walcyr regenerou Felix (Mateus Solano), que começou como uma víbora e terminou como grande protagonista da trama. A mudança de lado dos vilões não é exclusividade do autor. Até a terrível Carminha (Adriana Esteves), de "Avenida Brasil", teve sua redenção no fim da novela.

Já Gael pediu uma nova chance à ex, confrontou a mãe - essa sim, uma vilã que parece não ter salvação - e procurou ajuda da vidente Mercedes (Fernanda Montenegro), que revelou as agressões da mãe na infância. Com esse passado, será que Gael vai conseguir terminar a trama como mocinho? 

  • Reprodução/Globo

    De humilhado a exaltado

    Silveirinha (Ary Fontoura) começou em "A Favorita", como cúmplice da vilã Flora (Patrícia Pillar), personagem que também mudou de lado, deixando de ser a protagonista sofrida para víbora cruel. Ao longo da trama de João Emanuel Carneiro, o mordomo participa de golpes contra Donatela (Claudia Raia), mas acaba passando para o lado da vítima, cansado de ser humilhado por Flora. Ele atira na vilã e termina como empresário de uma dupla sertaneja infantil, assim como entrou na vida das protagonistas.

  • Divulgação/Globo

    Vendido na infância

    Marconi Ferraço/Adalberto Rangel (Dalton Vigh) foi vendido na infância para Hermógenes (Tarcísio Meira), com quem aprendeu a dar golpes, como fez com Maria Paula (Marjorie Estiano). Ele se casou por interesse com a mocinha, rouba sua fortuna e, claro, vira alvo de sua vingança. Dez anos se passam até ele reencontra a mulher que abandonou. A redenção tem início quando o filho que teve com ela, Renato (Gabriel Sequeira), o conquista. Ele acaba voltando para Maria Paula e tem um final feliz com a família em uma praia do Caribe. Nada mal!

  • Divulgação/Globo

    Salvo pelo amor

    Vilão de "Joia Rara", exibida em 2013, Ernest (José de Abreu) fez muita gente comer o pão que o diabo amassou. Ele separou o filho Franz (Bruno Gagliasso) da mulher Amélia (Bianca Bin) para ficar com a neta Pérola (Mel Maia), desprezava o filho bastardo Manfred (Carmo Dalla Vecchia), obrigou Iolanda (Carolina Dieckmann) a se casar com ele sem amá-lo, entre outras maldades. Mas, nada melhor que o amor para a redenção. Seu sentimento pela neta o fez ver o mal que causava às pessoas ao seu redor. Ele morre por causa dos ferimentos sofridos ao tentar salvar Manfred, provando seu amor ao filho.

  • Maurício Fidalgo/Divulgação/TV Globo

    Amante da sogra

    Em "A Lei do Amor", de 2016, Ciro (Thiago Lacerda) era um vilão clássico. Bonito, sedutor, meio rude, que troca a namorada pobre Yara (Emanuelle Araújo) para se casar com a rica, porém problemática, Vitória (Camila Morgado). Ele era amante da própria sogra, a cereja do bolo para qualquer perfil de vilão. Mag (Vera Holtz), essa sim outra vilã sem cura, usava Ciro em seus golpes e para acobertar seus crimes. No fim da novela, ficou completamente falido e chegou a trabalhar como motorista de aplicativo. Arrependido de seus crimes, ele se entrega à polícia, cumpre pena pelos crimes e acaba feliz ao lado de Yara.

  • Divulgação / TV Globo

    Rainha do Divino

    Uma das vilãs mais lembradas entre as malvadas da teledramaturgia, Carminha (Adriana Esteves) literalmente causou em "Avenida Brasil". Alvo da vingança de Rita/Nina (Débora Falabella), que a maltratou na infância, a perua do fictício bairro do Divino trai o marido Tufão (Murilo Benício), rejeita a filha gordinha Ágata (Anna Karolina Lannes), engana o filho Jorginho (Cauã Reymond), entre outras maldades, que fizeram o Brasil "amar odiar" Carminha. No fim da trama, arrependida, ela salva Tufão e Nina de um sequestro, mata o amante Max (Marcello Novaes) para proteger a enteada e cumpre pena na prisão. A "ex-malvada" recebe o perdão de Nina e Jorginho e termina seus dias no lixão.

  • Reprodução/Globo

    A criatura

    Felix (Mateus Solano) fez e aconteceu como vilão em boa parte de "Amor à Vida". Considerado ovelha negra da família por ser "diferente" - ele era um gay não assumido até metade da trama - ele chegou a roubar a filha recém-nascida da irmã Paloma (Paolla Oliveira), enquanto ela estava desmaiada pelo esforço do parto. A elogiada atuação de Solano e a simpatia que despertou no público, com seus bordões como "criatura" e "Devo ter sambado no Santo Sepulcro", promoveu uma mudança de comportamento exemplar. Ele termina a novela nos braços do amado Niko (Thiago Fragoso) e é perdoado pelo pai (Antônio Fagundes). O beijo do casal no capítulo final foi celebrado como gol de Copa do Mundo.

Mais TV e Famosos