Topo

TV e Famosos

Tudo o que você faz volta? Veja se lei do retorno deu certo em "Outro Lado"

Reprodução/Globo
Tudo o que você faz um dia volta? Sophia terá final trágico, Lívia e Nádia terminam felizes em "O Outro Lado" Imagem: Reprodução/Globo

Do UOL, no Rio

10/05/2018 04h00

Um dos motes de "O Outro Lado do Paraíso" era provar que a lei do retorno funciona e, como diz o tema de abertura da novela das nove: "Tudo o que você faz, um dia volta pra você".

Não é bem isso que acontecerá no desfecho de alguns personagens da trama, que termina nesta sexta-feira (11). Sophia (Marieta Severo), a mais malvada, será castigada e sofrerá algo parecido com o que fez com Clara (Bianca Bin) no início. Mas já os filhos da vilã, Gael e Lívia, que também aprontaram das suas, terão seus finais felizes.

Confira abaixo e tire suas conclusões se os personagens com desvios de caráter, de fato, terão os castigos merecidos.

  • Divulgação/TV Globo

    Sophia no manicômio

    A vilã confessará seus crimes durante seu julgamento, será diagnosticada como psicopata e internada num manicômio judiciário. O final dela será bem parecido com as maldades que fez Clara (Bianca Bin) passar durante 10 anos para explorar as esmeraldas de suas terras. Assim como a mocinha da novela, a mãe de Gael (Sérgio Guizé) tomará eletrochoques. Clara vibrará com sua vingança finalmente consumada.

  • Reprodução/GShow/O Outro Lado do Paraíso

    Lívia grávida e feliz

    Lívia foi aliada da mãe nas maldades cometidas contra Clara no início da novela. A irmã de Gael (Sergio Guizé) aproveitou que a cunhada estava morando com ela e lhe deu um suco com remédios, fazendo com que ela ficasse desnorteada e quase derrubasse o filho do colo. O plano era fazer com que Clara fosse considerada louca e perdesse a guarda do filho. Quanta maldade, não é mesmo? Apesar disso, Lívia terminará feliz, grávida de Mariano. Grazi Massafera disse que o pior castigo que a personagem poderia ter é terminar longe do filho de criação Tomaz, que acabará com a mãe biológica. Será?

  • Reprodução/Instagram

    Nádia racista arrependida

    Nádia (Eliane Giardini) falou tantos absurdos para a nora Raquel (Erika Januzza) que já valeriam anos de prisão por racismo. Além disso, ela e o marido Gustavo mexeram seus pauzinhos e manipulavam a lei a seu favor no início da trama. Mas o autor preferiu que ela terminasse arrependida. Durante o casamento do filho com Raquel, Nádia surpreendeu a todos pedindo perdão, fazendo um discurso assumindo que era racista, se declarando para o neto Marquinhos e pedindo que Raquel e Bruno lhe deem muitos netos. "Descobri que nós somos iguais, que não existe essa diferença de raça, porque nós todos somos da raça humana. A cor da pele não pode fazer tanta diferença... Dentro desse amor descobri uma coisa tão simples que é a igualdade", disse Nádia.

  • Reprodução/Gshow

    Gustavo corrupto

    O juiz corrupto de Palmas ganhava suas "caixinhas" para dar sentenças e manipulava a movimentação dos processos de acordo com seus interesses. Acabou sendo aposentado compulsoriamente, com perda de parte do salário, após Clara ter revelado que ele era sócio no bordel. Mas terminará a novela feliz ao lado da mulher. Alguma semelhança com a realidade? Leia mais

  • Reprodução/Gshow

    Gael, de agressor a herói

    As primeiras cenas de Gael (Sérgio Guizé) com Clara (Bianca Bin) chocaram boa parte do público. Agressivo e descontrolado, ele estuprou a mulher em sua noite de núpcias e a agrediu em algumas cenas com crise de ciúmes. Ele chegou a ser preso em flagrante e enquadrado na Lei Maria da Penha. Com o passar do tempo, Gael descobriu que seu temperamento era decorrente das agressões que sofreu da mãe Sophia ainda criança, se redimiu e pediu perdão à ex-mulher. Apesar de tudo o que fez no passado, termina a novela como um herói ao salvar o filho Tomaz das mãos de Renato (Rafael Cardoso) durante o sequestro. Ele levou um tiro, mas se salva.

  • Reprodução/TV Globo

    Samuel feliz com Cido

    O personagem terminará feliz ao lado de Cido (Rafael Zulu). Mas quem não lembra que o psiquiatra foi o responsável por fornecer um atestado falso de insanidade para que Sophia conseguisse internar Clara à força num manicômio? Será que ele deveria terminar mesmo a novela feliz e apaixonado?

  • Raquel Cunha/Globo

    Adnéia homofóbica pede perdão

    Adnéia não aceitava o relacionamento do filho Samuel (Eriberto Leão) com Cido (Rafael Zulu) e chegou a falar algumas vezes em "cura gay". Tentou, de todas as maneiras, separar o filho do namorado. No final, a personagem, que ganhou um tom de humor na trama, aceitou o filho como ele é. No capítulo de terça (8), Adinéia pediu perdão a Cido e insistiu para que o genro ficasse em sua casa com Samuel. "Definitivamente não existe a cura gay. Não pode ter cura se não tem doença...Acontece que os dois se amam, é isso", disse, didática.

  • Globo/Raquel Cunha

    Renato, de bonzinho a sequestrador

    Muita gente pensou que Dr. Renato era o mocinho de "O Outro Lado". O médico aparentemente bonzinho, que estava disposto a ajudar Clara a se livrar do agressor Gael (Sérgio Guizé) e a se vingar de todos que a fizeram mal, estava mesmo era interessado nas esmeraldas da neta de Josafá (Lima Duarte). Para isso, ele tentou matar Clara ainda no hospício, foi desmascarado no dia do seu casamento com a mocinha e se juntou a Fabiana (Fernanda Rodrigues) para se vingar. Para provar que é capaz de tudo para enriquecer, Renato sequestrou Tomaz e exigiu uma quantia milionária em barra de ouros para Clara. Mas, como "se você fizer o mal, com o mal um dia você vai ter de viver", ele termina morto após uma troca de tiros com Patrick (Thiago Fragoso).

  • Raquel Cunha/Globo

    Fabiana atrás das grades

    A perua colocou a avó Beatriz (Nathalia Timberg) no hospício sem dó nem piedade, se uniu a Renato para tentar recuperar a fortuna dos quadros valiosos doados à Clara e acabará bem mal. Depois de mover um processo contra a mocinha, ela virou ré em uma ação por manter a avó em cárcere privado. Em sua última tentativa de tirar dinheiro de Clara como aliada de Renato no sequestro de Tomaz, a megera termina presa em uma cela lotada.

Mais TV e Famosos