Topo

Novela

O Sétimo Guardião


Venenosa! Como Mirtes se tornou a grande vilã de "O Sétimo Guardião"

Reprodução/Globo
Mirtes aparece repaginada em "O Sétimo Guardião" Imagem: Reprodução/Globo

Guilherme Machado

Do UOL, em São Paulo

2019-01-09T04:00:00

09/01/2019 04h00

Em "O Sétimo Guardião", Mirtes (Elizabeth Savalla), decidiu que era hora de dar a volta por cima. A falsa beata saiu do hospital e repaginou todo seu visual, disposta a se vingar de todos aqueles que julga que a prejudicaram. A cena foi mais uma que consolidou o status da megera como grande vilã da novela das 21h.

Apesar da vilã principal de "O Sétimo Guardião" ser Valentina Marsalla (Lilia Cabral), a personagem de Savalla tem cativado o público com um tipo absolutamente detestável, responsável por todo tipo de barbaridade: tortura psicológica, armações e disseminação de fake news.

O UOL lista os motivos que fazem de Mirtes o grande destaque da novela e maior antagonista do folhetim de Aguinaldo Silva:

  • Reprodução/Globo

    Ai, como eu sofro!

    Mirtes gosta de controlar todos à sua volta. Manipuladora e calculista, ela não mede esforços para que as coisas saiam exatamente da forma como ela quer. Por isso, faz de tudo para manipular seu neto, Guilherme (Caio Manhente), para que ele se vire contra o pai, João Inácio (Paulo Vilhena), a quem ela detesta.

    Ela também não tem medo nenhum de enganar o filho, Aranha (Paulo Rocha), para afastá-lo da mulher, Stella (Vanessa Giácomo). Tanto, que depois de passar mal e ir para o hospital, ficou fingindo ter pioras para provocar a compaixão do filho. Depois, quando fugiu do hospital, não quis lidar com a família e decidiu fingir uma amnésia para curtir um bom champanhe. É Falsiane que chama?

  • Reprodução/Globo

    Temente a Deus

    A vilã conseguiu conquistar diversos seguidores com um discurso em prol da moral e dos bons costumes, se colocando como a guardiã de tudo que é certo e justo em "Serro Azul". É o paradoxo entre as ações de Mirtes e o que ela prega que evidencia o quão vil a megera realmente é.

    Enquanto anda pela cidade, ela se mete na vida de tudo e todos, tentando encontrar algum podre, alguma fraqueza. Com a desculpa que está preocupada com seus conterrâneos, o que ela gosta mesmo é de fofocar e julgar, impiedosamente.

  • Reprodução/Globo

    Requintes de crueldade

    Mesmo sabendo que a nora tinha um problema com bebida, Mirtes não hesitou em tentá-la com álcool. Fez um jantar em família e humilhou de todas as formas que pode o genro e a nora, praguejando contra ele e explorando seus pontos fracos.

    Praguejar também é com ela mesma! No seu embate com os moradores do bordel de Ondina (Ana Beatriz Nogueira), disparou: "Vocês vão todos morrer de doenças terríveis, com vermes e chagas", bradou ela, enquanto se dizia protegida por Deus. Tortura física ou psicológica? A malvada da novela das nove prefere as duas!

  • Reprodução/Globo

    O diabo não veste mais preto

    Além de ser uma verdadeira víbora, Mirtes também já mostrou que sabe estar muito bem por cima da carne seca. Uma pessoa influente, ela consegue ter os ouvidos da população e fazer as pessoas acreditarem no que ela quer.

    Além disso, se existe algo que sua mudança recente demonstra é que ela sabe se reinventar. Após um período em baixa, brigada com o filho e em uma cama de hospital, ela se levantou, e decidiu abandonar o antigo visual à la Perpétua, beata que a precedeu em maldades em "Tieta" (1989). Totalmente repaginada, foi logo tomar um bom champanhe. Rainha da maldade sim, mas sem perder a elegância!