TV e Famosos

FBI examina possibilidade de abrir investigação sobre Brad Pitt

Hannibal Hanschke/Reuters
Imagem: Hannibal Hanschke/Reuters

Los Angeles

23/09/2016 06h56Atualizada em 23/09/2016 08h34

O FBI informou na quinta-feira (22) que estuda a possibilidade de abrir uma investigação sobre o ator Brad Pitt, acusado de comportamento agressivo em relação aos filhos, o que poderia ter motivado a atriz Angelina Jolie a pedir o divórcio.

De acordo com uma porta-voz do FBI entrevistada pela AFP a respeito das notícias divulgadas por parte da imprensa de que o astro de Hollywood se comportou de maneira agressiva com os filhos durante um voo em um jato particular, a polícia federal "está reunindo informações e examinará se uma investigação a nível federal terá continuidade".

De acordo com a fonte, como os supostos fatos aconteceram em um avião, o caso depende de uma unidade especial da polícia federal e não da força de segurança de Los Angeles, onde fica a residência de Brad Pitt e Angelina Jolie.

Um comunicado divulgado pelo FBI na quinta-feira não revela detalhes sobre o caso, exceto afirmar que o "FBI continua a reunir fatos e vai avaliar se a investigação a nível federal terá prosseguimento".

O site de notícias de celebridades TMZ informou que a polícia e os serviços sociais iniciaram uma investigação sobre Pitt, que supostamente teria começado a gritar e ficou violento com seus filhos em um jato particular há alguns dias.

O Departamento de Polícia de Los Angeles, ao mesmo tempo, afirmou que não está investigando Pitt. "Não temos nenhum relato nos nossos registros sobre processos contra Brad Pitt, não estamos fazendo nenhuma investigação relacionada a Brad Pitt", disse à AFP o porta-voz da Polícia, Lorenzo Quezada.

O serviço social do condado de Los Angeles negou ter divulgado informações sobre supostas investigações contra o ator.

"Ao contrário do que foi publicado em vários meios de comunicação, este departamento não divulgou nem confirmou a ninguém que está participando em qualquer investigação", afirmou à AFP o porta-voz do serviço, Neil Zamville, antes de recordar que o departamento não pode informar sobre investigações em curso.

Alguns meios de comunicação afirmaram durante a semana que Pitt teria sido verbalmente e fisicamente abusivo com pelo menos um dos seis filhos do casal durante a explosão de raiva, o que contribuiu para a decisão de Jolie de acabar com o casamento.

Jolie, 41 anos, apresentou o pedido de divórcio de Pitt, 52, na segunda-feira, mencionando diferenças irreconciliáveis e pedindo a custódia dos seis filhos.

A separação de Jolie e Pitt, um dos casais mais famosos do mundo do entretenimento, conhecidos por seu apelido "Brangelina", coloca fim a dois anos de casamento e a 12 de união.

Juntos desde 2004, Brad e Angelina se casaram em uma cerimônia apenas para os mais íntimos, em agosto de 2014, na pequena capela de Château Miraval, propriedade do casal no sul da França.

Eles têm três filhos biológicos e três adotados

 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais TV e Famosos

Topo