Topo

Famosos

George e Amal Clooney doam US$ 100 mil em prol de menores imigrantes

Getty Images
George Clooney e Amal Clooney durante o Casamento Real Imagem: Getty Images

Em Nova York (EUA)

20/06/2018 20h59

George e Amal Clooney doaram US$ 100 mil (ou cerca de R$ 378 mil, segundo cotação de UOL Economia) para uma associação que defende os imigrantes menores de idade, em meio à indignação geral contra a política do governo de Donald Trump de separar as famílias que cruzam a fronteira ilegalmente.

A associação "Young Center for Immigrant Children's Rights" informou nesta quarta-feira (20) em um comunicado que recebeu uma "doação generosa" dos Clooney e de sua "Foundation for Justice".

"Haverá um momento em que as crianças nos perguntarão 'É verdade que o nosso país separou os filhos de seus pais e os levou para centros de detenção?', e quando dissermos que sim, que é verdade, nos perguntarão o que fizemos, o que dissemos, que posição tomamos. Não podemos mudar a política do governo, mas podemos ajudar a defender suas vítimas", declarou o glamouroso casal de Hollywood em comunicado.

Os Clooney fazem parte de um grupo crescente de celebridades que tem denunciado esta política da administração Trump. Na terça-feira à noite, Bruce Springsteen interrompeu seu popular show da Broadway para expressar a sua condenação.

O cantor John Legend e sua esposa anunciaram na semana passada que doaram 288.000 dólares à União Americana de Liberdades Civis (ACLU, em inglês) para chamar a atenção sobre esta prática "desumana".

Diante da indignação crescente, Trump anunciou nesta quarta-feira que assinará um decreto para acabar com a separação das famílias de imigrantes.

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!