TV e Famosos

Assinante de TV gasta R$ 3 bilhões por ano só com canais Globosat

Divulgação/Montagem UOL
GNT, Multishow e SporTV fazem parte da Globosat Imagem: Divulgação/Montagem UOL
Ricardo Feltrin Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

04/01/2016 07h30

De todo dinheiro que os cerca de 20 milhões de brasileiros assinantes de TV gastam anualmente com mensalidades, pelo menos R$ 3 bilhões vão para os cofres da Globosat, empresa do Grupo Globo.

Ou seja, de cada pacote de assinatura do país, pelo menos R$ 12,50 mensais são destinados para pagar o conteúdo de canais como Multishow, Viva, GNT, GloboNews, Bis, SporTV etc.
 
Em setembro último, a ABTA (Associação Brasileira de TVs por Assinatura) e as maiores operadoras foram ao Cade (Conselho Administrativo de Defesa Econômica) tentar barrar a joint-venture formada por SBT, Record e RedeTV!
 
Essas três emissoras criaram uma empresa para negociar com as operadoras uma remuneração, pois esses canais abertos também são distribuídos na TV por assinatura, que não lhes paga nada em troca.
 
As operadoras foram derrotadas – o Cade decidiu que a joint-venture é legal. Depois disso, as operadoras mudaram de estratégia e divulgaram que, por causa dessa joint-venture, cada assinatura de TV paga no país ficará R$ 5,00 mais cara.
 
O que as operadoras não revelaram é que elas já repassam hoje somente para a Globosat quase R$ 3 bilhões anuais.
 
A Globosat tem mais de 35 canais. Boa parte de seus canais “standard” (excluídos Telecines, Premiere, adultos etc.) está em pacotes básicos ou no máximo nos intermediários de todas as operadoras. Ou seja, todo assinante brasileiro paga pelo conteúdo da Globosat.
 
Segundo dados exclusivos obtidos pelo UOL, três anos atrás, em 2013, somente a NET repassou para a Globosat exatamente R$ 1.461.932.000,00.
 
A Sky repassou mais ou menos outro R$ 1 bilhão, e outras operadoras de TV, como a Vivo, teriam dado mais cerca de R$ 200 milhões. Repetindo: isso em 2013. De lá para cá ocorreram reajustes.
 
Por isso, em 2015 o total de repasses das operadoras à Globosat deverá somar quase R$ 3 bilhões.
 
Esses números são inéditos. Nenhuma operadora ou a Globosat jamais divulgaram os valores negociados.
 
Procurada, a Globosat, por meio de sua assessoria, negou esses valores, mas se recusou a dar aqueles que consideraria corretos (veja nota da empresa abaixo).
 
BOLSO DO ASSINANTE
Fazendo cálculo pelo mesmo “método” utilizado para apontar o encarecimento das assinaturas por causa da joint-venture Record-SBT-RedeTV!, é possível estimar que cada brasileiro assinante de TV paga repassa mensalmente em torno de R$ 12,50 só para ter os canais Globosat
 
"E as operadoras ainda querem discutir conosco no Cade (se estávamos criando um) truste? Com esses números fica claro onde realmente há monopólio", afirma Marcelo Carvalho, vice-presidente da RedeTV!
 
OUTRO LADO
Procurada na semana passada para comentar os dados acima, a Globosat enviou a seguinte resposta:
 
"A Globosat informa que este dado não procede, visto que há uma série de variáveis – e que não revela valores por causa de contrato de confidencialidade assinado entre as partes."
 
A ABTA – que foi autora de petição para que o Cade recusasse a formação da joint-venture, em nome do interesse das operadoras – também não quis comentar os números desta reportagem.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos

Topo