TV e Famosos

Rumor sobre salário de Aline Riscado detona crise no "Pânico"

Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

03/02/2016 17h47

Menos por sua beleza e mais por seu suposto salário, a entrada de Aline Riscado no “Pânico na Band” está causando uma verdadeira “guerra” nos bastidores do programa. Desde sábado há descontentamento, troca de mensagens iradas entre a equipe e muita maledicência.

Tudo porque no fim de semana alguém ligado à produção disse que a bela Aline fora contratada por R$ 30 mil mensais, que ainda serão engrossados por “merchandising”.

O boato se espalhou e em questão de horas boa parte da trupe já entrou em pé de guerra. Não só panicats ficaram revoltadas, mas também vários humoristas e atores que não ganham nem metade disso.

Só que o boato é mentiroso. Segundo esta coluna apurou, a ex-bailarina do “Domingão do Faustão” não deve ganhar nem R$ 20 mil mensais --e isso incluindo ‘merchans’.

O problema é que a moça estava sem perspectiva profissional, além da publicidade. Embora tenha deixado a Globo porque queria seguir a carreira de atriz ou de apresentadora, Aline viu portas fechadas em todas as emissoras que procurou.

A verdade é que nenhum executivo está disposto a dar um papel em novelas ou um programa a uma garota sem qualquer história ou experiência. Ou seja, beleza é bom, mas nem sempre significa se dar bem profissionalmente. Especialmente na TV.

Mesmo assim é preciso lembrar que mesmo que ganhe menos de R$ 20 mil, os rendimentos de Aline Riscado serão ainda assim uma completa exceção dentro do “Pânico”: algumas panicats não ganham nem R$ 3 mil por mês, apesar de participarem não só do programa ao vivo, mas trabalharem em vários dias da semana em gravações de quadros (alguns, até perigosos).

Outros humoristas ganham na faixa entre R$ 5 mil e R$ 10 mil.

A vantagem para todos é que o “Pânico” dá visibilidade e eles acabam recebendo convites para eventos ou ganhando dinheiro em trabalhos extras, como por exemplo participar dos stand-ups do canal fechado Comedy Central --que paga R$ 3 mil por cerca de 30 minutos de apresentação. Nada mau. Nada mau mesmo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos

Topo