Topo

TV e Famosos

"Domingão do Faustão" atende ao público e aposta em novos quadros musicais

Reprodução/TV Globo
Fausto Silva investe em quadros com cantores sumidos da mídia ou desconhecidos Imagem: Reprodução/TV Globo
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

15/06/2016 11h56Atualizada em 15/06/2016 12h13

A pedido de telespectadores, o “Domingão do Faustão” vai investir ainda mais em quadros musicais. Neste domingo, o programa de Fausto Silva vai reestrear o quadro “Iluminados”, no qual cantores desconhecidos disputam o prêmio de melhor intérprete de uma determinada canção.

O quadro deverá durar ao menos sete domingos.

Outro quadro que o apresentador decidiu manter no ar indeterminadamente é o “Ding Dong”, que tem recebido artistas já fora da mídia e, geralmente, sem contrato com a Som Livre, gravadora do Grupo Globo. É raro (e bem-vindo) que programas populares da Globo, como o “Domingão”, convidem artistas sem vínculo algum com a casa.

O “Ding Dong”, por exemplo, vai continuar graças ao público, que tem ligado muito para a Central de Atendimento ao Telespectador da Globo, sugerindo este ou aquele artista “desaparecido” da mídia.

Também na área musical, no próximo domingo, Fausto Silva vai receber o cantor Luan Santana, que vai cantar uma música inédita e apresentar também um clipe inédito.

O investimento em quadros musicais tem rendido bons índices de ibope ao “Domingão”, ao contrário de outros quadros (como o de mágica).

A média do programa tem ficado na casa dos 17 pontos, o que lhe garante a liderança em todos os domingos. Cada ponto em São Paulo vale por 69 mil domicílios.

Mais TV e Famosos