TV e Famosos

Correção: Canal 14 da Igreja Mundial não voltou ao ar na Net após pagamento

Isadora Brant/Folhapress
Igreja Mundial regularizou situação e seu canal voltou a ser sintonizado na Net Imagem: Isadora Brant/Folhapress
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

08/07/2016 10h17Atualizada em 03/08/2016 14h35

Diferentemente do informado na versão original desta reportagem, a Igreja Mundial não retomou as transmissões do canal 14 da Net após pagar dívida. Esta coluna, por erro, confundiu o canal 14 com o canal 25 VHF, que se mantém no ar em contrato entre a igreja e o Grupo Spring, dono da concessão.

No entanto a igreja confirma que tinha um contrato com a Net, mas que foi encerrado no último dia 30 de junho. O canal 14 saiu do ar.

A igreja, por meio de seu advogado, nega que tenha ocorrido falta de pagamento ou descumprimento ao contrato, e afirma que foi a Mundial que decidiu cancelar o acordo, e não a Net.

Procurada, a Net se recusa a dizer o motivo do fim do contrato.

Outro canal da Mundial, o 25, continua sendo transmitido pela operadora. A concessão do 25 (UHF) pertence, na verdade, ao Grupo Spring --que edita a revista “Rolling Stone”. Esse canal UHF no passado sintonizava a MTV, da Abril.

Nos últimos anos o Spring tem sublocado o canal para Valdemiro Santiago, líder da Mundial, e seus programas.

Procurada na semana passada, a Net, por meio de sua assessoria, confirmou que tanto que o canal (14) saiu do ar como, posteriormente, que havia voltado. A operadora não quis revelar o motivo disso.

A coluna apurou que foi por problemas relacionados a descumprimentos de contrato e falta de pagamento. A igreja Mundial, por meio de seu advogado, nega.

A Igreja Mundial vem sofrendo grave crise econômica nos últimos anos, deflagrada após longa reportagem-denúncia feita pela Record (que por sua vez é ligada à Igreja Universal do Reino de Deus).

A coluna pediu mais informações tanto à Net como à Igreja Mundial a respeito do contrato assinado para o canal 14, mas, até o momento desta publicação, nenhuma das duas se manifestou. Se o fizerem, será acrescentado a este texto.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos

Topo