TV e Famosos

Neymar 'cantor' repete história de ricaça surda e desafinada do século 19

Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

14/09/2016 11h45Atualizada em 14/09/2016 12h16

Dois filmes exibidos nas últimas semanas no circuito de cinema contavam a mesma história de uma mesma aristocrata podre de rica, cujo sonho era ser cantora lírica. Os filmes são “Florence, Quem é essa mulher?” (Merryl Streep no papel principal), e sua versão francesa, “Marguerite” (com Astrid Whettnall). A personagem real em que se baseiam é a norte-americana Florence Foster (1868-1944).

Cheia de dinheiro e com amigos lambe-botas e interesseiros, Florence fazia apresentações e gravações dentro de sua luxuosa mansão e o que mais se destacava nela como cantora era que era péssima, desafinada, uma verdadeira desgraça para os ouvidos. Mesmo assim os amigos parasitas a aplaudiam e iludiam, dizendo que era uma grande cantora.

A farsa continua ao ponto de a pobre senhora rica, cega e surda ao próprio (não) talento, achar que tinha condições de cantar em um templo da música como o Carnegie Hall, em Nova York,

Não vou contar o fim da história, mas fica evidente que nem mesmo Hollywod conseguiria reescrever a história para que Florence ficasse bem na fita. Não ficou. Virou piada. E depois filme.

Essa longa introdução deveria servir de “conselho” ao jovem craque Neymar Jr., que também está se lançando como “cantor” e postou nesta quarta-feira, em sua página no facebook, um trecho do que chama de sua “primeira música de trabalho”. 

“Tenho aqui uma notícia pra vocês em primeira mão: vou gravar meu primeiro álbum”, diz o atacante do Barcelona antes de iniciar uma “palinha” de sua canção (sic)  “Yo Necesito”.

Pode ser que seja apenas mais um chiste do jogador, ou mesmo alguma campanha viral de tênis ainda disfarçada, mas, se for sério, alguém tem de bradar: Neymar, não cante.

Sentado diante de um piano e tocando de forma infantil (duas notas e um quase-acorde), Neymar Jr. começa bem sério e reproduz, em pleno século 21, a vida da maluca Florence do século 19: o “novo cantor” é esganiçado, desafinado, tem alcance vocal zero, nenhum senso de métrica e ainda por cima não toca nada de piano.

Se Neymar tem o direito de se lançar cantor? Mas é claro que tem. E nem é o primeiro aventureiro: lembremos outro craque, sr. Pelé, que também se arriscou nessa seara nos anos 70 (e, claro, fracassou).

Como Pelé, o craque do Barcelona hoje tem dinheiro (e amigos) de sobra para se lançar como cantor, poeta, conselheiro sentimental, cozinheiro e qualquer outra coisa que queira... O problema é saber se isso vale a pena para ele (porque para nós, ouvintes, evidentemente não).

Como o jogador está cercado por bajuladores que provavelmente nunca lhe dirão a verdade --pelo contrário, alguns famosos inclusive andaram dando “dicas” para ele se dar bem na carreira musical--, e como o craque parece ser meio surdo à la Florence, não custa nada alguém de fora aconselhá-lo:

Continue jogando esse lindo futebol que sabemos que você é capaz. Mas, por favor, deixe a música para quem ao menos sabe distinguir notas musicais de gemidos.

ps - desafinado ou não, Neymar é sempre um sucesso de público: em apenas uma hora seu vídeo teve mais de 700 mil visualizações. 

Veja o trailer de "Florence - Quem É Essa Mulher?"

 

twitter: @feltrinoficial

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Mais TV e Famosos

Topo