Coluna

Ricardo Feltrin

Gloob dispara e termina 2016 como o 4º canal mais visto da TV paga

Divulgação
Imagem: Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

16/01/2017 11h34

Com menos de cinco anos de idade, o canal infantil Gloob disparou em audiência e terminou 2016 como 4º canal mais visto da TV paga.

Em janeiro do ano passado, o canal infantil da Globosat estava na 13ª posição entre os canais mais vistos da TV por assinatura (excluídos todos os canais abertos que também são vistos na TV paga).

Em outubro, porém, o Gloob já havia subido para o 10º lugar.

Em novembro, galgou mais uma posição (9º lugar), e em dezembro disparou para quarto lugar, atrás somente dos veteranos Discovery Kids, Cartoon Network e Mega Pix.

Com programação de altíssima qualidade --tanto nacional como estrangeira-- o Gloob se torna, ao lado do Viva, um dos mais bem sucedidos produtos da Globosat.

Já outro campeão de audiência da TV paga sofreu muito com o fim dos campeonatos de futebol no Brasil e no mundo. Normalmente o terceiro canal mais visto, o SporTV caiu em dezembro  para 15º lugar.

Veja abaixo o ranking dos 20 canais mais vistos da TV por assinatura no país em dezembro:

1º - Discovery Kids
2º - Cartoon Network
3º - Megapix
4º - Gloob
5º - TNT
6º - Globonews
7º - Fox
8º - Nickleodeon
9º - AXN
10º - Space
11º - Multishow
12º - Viva
13º - Universal Channel
14º - Disney Channel
15º - SporTV
16º - Discovery Channel
17º - Warner Channel
18º - Home & Health
19º - FX
20º- ESPN Brasil

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo