Coluna

Ricardo Feltrin

De folga da Globo, Jô Soares escreve autobiografia "não autorizada"

Ramón Vasconcelos/Divulgação/TV Globo
Jô Soares comanda o último "Programa do Jô" Imagem: Ramón Vasconcelos/Divulgação/TV Globo
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

19/01/2017 11h42

O apresentador Jô Soares decidiu usar o período sabático de um ano, dado pela Globo, para escrever a autobiografia. “Será não autorizada”, disse à coluna.

A obra só deverá ser lançada em 2018 e já tem editora: a Cia. das Letras.

“Fui quase empurrado pelo Luiz (Schwarcz, um dos três proprietários da editora) a escrever”, disse Jô, que completou 79 anos na segunda-feira.

A obra vai abranger principalmente toda sua carreira como ator, o que começa no final da década de 50.

Ele se disse lisonjeado por ter ganhado um ano sabático da Globo “só para pensar”.

“Eu acho que isso nunca aconteceu antes, de a Globo pagar alguém para passar um ano decidindo o que quer fazer”, brincou. “Mas não tenho a menor ideia.”

Além da autobiografia, Jô continua em cartaz com as peças “Tróilo e Créssida”, de Shakespeare (teatro Sesi); e “Histeria”, de Terry Johnson (teatro Frei Caneca). Johnson, aliás, que Jô diz ter ficado muito próximo.

@feltrinoficial

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo