Coluna

Ricardo Feltrin

Em uma semana, Fofocalizando volta a cair e perde 23% de audiência

Reprodução/SBT
"Fofocando" mudou o nome para "Fofocalizando", mas ainda está longe de dar certo como programa no SBT Imagem: Reprodução/SBT
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

31/01/2017 08h54Atualizada em 31/01/2017 08h57

Exibido em novo horário desde a semana passada, o programa “Fofocalizando” continua sem decolar no SBT. Pior, começou novamente a cair.

Entre segunda-feira da semana passada e ontem a atração já perdeu pelo menos um em cada cinco espectadores (-20%); perdeu ainda quase uma em cada quatro TVs que a sintonizou na estreia em novo horário (-23,3%).

Desde que estreou em 1º de agosto do ano passado, o programa hoje comandado por Leo Dias, Leão Lobo, Mamma Bruschetta. Mara Maravilha, Decio Piccinini  (e Homem do Saco) já mudou várias vezes de horário.

O objetivo inicial do SBT seria combater o quadro “A Hora da Venenosa”, do “Balanço Geral”, da Record --que é líder de audiência há um ano.

O "Balanço", inclusive, também vem incomodando a Globo, que fez várias mudanças de conteúdo no "Video Show" no ano passado.

Além de não chegar nem perto do concorrente, o “Fofocalizando” (que começou chamando “Fofocando”) ainda está dando dor de cabeça para Silvio Santos, que não acerta um horário definitivo.

A média de audiência do programa está em 6 pontos na Grande São Paulo (cada ponto igual a cerca de 70,5 mil domicílios sintonizados).

Para efeitos de comparação, “Hora da Venenosa” chega a marcar 9 pontos ou 10 em sua exibição, deixando a Globo em segundo lugar; e o SBT em terceiro.

@feltrinoficial

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo