Coluna

Ricardo Feltrin

Neymar e Bruna: Noivado possível, mas casamento está fora de questão

Manuela Scarpa/Brazil News
Bruna Marquezine posa para fotos na inauguração de um SPA em São Paulo, semana passada Imagem: Manuela Scarpa/Brazil News
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

03/02/2017 08h10Atualizada em 03/02/2017 07h44

Mesmo se Neymar e Bruna ficarem noivos, uma coisa é certa: será um noivado longo, de no mínimo três anos pelo simples fato de o contrato de Marquezine com a Globo ir até o final de 2019.

A jovem atriz já vive o auge da carreira com apenas 21 anos.

Ela é disputada pelos principais novelistas e diretores para produções da emissora, e tudo indica que dificilmente vai abrir mão da carreira por causa de uma relação, por mais intensa que seja.

Pessoas próximas a Bruna garantem que, além de talentosa, ela é decidida, pragmática e até bem madura para sua idade. Não é à toa que teve uma carreira meteórica na Globo (assim como Marina Ruy Barbosa).

Para essas pessoas, ela jamais colocaria a carreira em risco, muito menos a interromperia por causa de um romance. Nem mesmo com Neymar. Um casamento implicaria ou que ela mudasse para a Espanha ou que Neymar voltasse ao Brasil

Essa segunda possibilidade é ainda mais remota. O craque tem contrato com o Barcelona até 2021, quando estará com 29 anos. Difícil imaginar que ele vá deixar de jogar da Europa e retornar ao Brasil.

Além disso há o histórico de idas e vindas do casal nos últimos cinco anos, que mostra que uma relação passional é no mínimo instável.

@feltrinoficial

colaborou Rodrigo Mattos, do UOL

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo