Coluna

Ricardo Feltrin

Ator pornô Kid Bengala grava paródia da "Escolinha" para Danilo Gentili

Divulgação
À dir. Kid Bengala em gravação de quadro para o The Noite, "Escolinha do Professor Pauzudo" Imagem: Divulgação
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

04/03/2017 08h37Atualizada em 04/03/2017 08h37

O ator pornô conhecido como Kid Bengala começou a gravar um novo quadro para o programa de Danilo Gentili, o “The Noite”, no SBT.

O quadro em questão é uma paródia do humorístico “Escolinha do Professor Raimundo”, da Globo, criação de Chico Anysio (1931-2012), e pode fazer parte das novidades do talk-show do SBT este ano.

Só que no programa do SBT Kid Bengala, 62 anos, vai comandar o “Escolinha do Professor Pauzudo”. Kid é famoso no mundo do pornô pelo tamanho de seu pênis. O quadro, aliás, é uma antiga ideia de Gentili, em estudo ao menos desde 2015.

Kid, cujo nome verdadeiro é Clóvis Basílio dos Santos, fez participações no “Pânico na Band” no ano passado. Seu trabalho no SBT, por enquanto, será por cachê (sem contrato)..

Hoje ele é ator exclusivo da produtora de vídeos adultos Brasileirinhas, como host do reality show “Casa das Brasileirinhas”.

Kid começou a fazer pornô em 1988. Além de ator também é empreiteiro, com uma empresa dedicada à construção, reforma e manutenção de imóveis.

@feltrinoficial

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo