Coluna

Ricardo Feltrin

Atualizada em 14.03.2017 08h52

Agora às sextas, "Legendários" cai para 3º, mas eleva ibope da Record

Edu Moraes/Rede Record
Marcos Mion no comando do "Canjica Show", quadro do programa "Legendários", na Record Imagem: Edu Moraes/Rede Record
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

Após quase 7 anos sendo exibido aos sábados, o “Legendários” de Marcos Mion mudou de dia e passou a ser exibido às sextas.

No primeiro programa em novo dia, na semana passada, marcou 7,9 pontos de audiência na Grande São Paulo, contra 8,2 pontos do SBT, segundo dados consolidados e mensurados pela Kantar Ibope.

Foi uma mudança grande e apenas três décimos de diferença para o rival SBT.

Sim, isso coloca a atração de Mion em 3º lugar em audiência (a Globo liderou com 11 pontos), no entanto, a comparação com a média obtida pela Record nas quatro semanas anteriores mostra que o “Legendários” fez subir a audiência da emissora no horário em 13% (de 7 pontos para 7,9).

Isso ocorreu também em outras capitais, segundo o Ibope.

No Rio, a atração da Record perdeu por muito mais diferença para o SBT: 6,1 x 8,5, mas também representou 8% de aumento de audiência na comparação com o mesmo horário nas sextas anteriores.

Em Belo Horizonte, o “Legendários” manteve a vice-liderança (5,9 x 5,6 do SBT).

MESMO PÚBLICO, MESMOS PONTOS

Mas o que fez a equipe da Record comemorar foi que às sextas Mion basicamente começou registrando a mesmíssma audiência que dava aos sábados e, segundo as primeiras análises dos resultados, parece ter conseguido realizar uma migração maciça de seu público para o novo dia.

Nos últimos sete anos, Mion foi uma das grandes dores de cabeça para Silvio Santos, que fez incontáveis mudanças na grade de programação aos sábados, mas sempre ficou em segundo lugar. 

Recentemente, com anos de atraso, ele finalmente lançou seu próprio canal no You Tube.

Facebook e twitter: @feltrinoficial

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo