Coluna

Ricardo Feltrin

Atualizada em 21.03.2017 00h45

Fátima Bernardes e Seara devem encerrar contrato de publicidade após 3 anos

Reprodução/Globo
Fátima Bernardes no cenários de seu programa matinal na Globo Imagem: Reprodução/Globo
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

A apresentadora e jornalista Fátima Bernardes e a Seara devem encerrar o contrato de publicidade que fez dela a garota-propaganda da empresa nos últimos três anos.

A Seara é uma das empresas frigoríficas na mira da operação da Polícia Federal nesta sexta-feira.

Fátima estreou anunciando carnes e embutidos da Seara em campanha da agência WMcCann. em fevereiro de 2014, em sua primeira ação publicitária. Até a semana passada aind estavam sendo divulgados "spots" publicitários da campanha em jornais.

No mês passado a coluna já havia procurado a assessoria da Seara, para saber se o contrato com Fátima havia sido renovado --de acordo com rumores do mercado-- e a resposta foi que não. Em sua primeira versão esta coluna identificou incorretamente a resposta como sendo da WMcCann.

A agência afirmou que não trata de assuntos contratuais por causa de cláusulas de confidencialidade. 

A coluna entrou em contato também com o escritório representante da apresentadora, mas não obteve resposta até a publicação deste texto.

Se e quando houver uma posição oficial da jornalista, ela será incluída aqui.

CONTRATO MILIONÁRIO

Até 2011, como co-apresentadora do “Jornal Nacional”, pelas regras internas da Globo para todo o núcleo de Jornalismo, não lhe era permitido fazer “merchan”.

O primeiro contrato de Fátima com a Seara três anos atrás foi estimado entre R$ 2,5 milhões e R$ 3 milhões, e envolvia "spots" publicitários na TV, fotos para revistas, jornais impressos, além de rádio e internet.

A cifra fez dela, ao lado de Fausto Silva, uma das estrelas mais bem pagas da publicidade brasileira, Em sua renovação, teria subido para até R$ 5 milhões, mas os valores jamais foram revelados oficialmente pelas partes.

No ano passado a divulgação de uma pesquisa que apontava possível relação entre carnes processadas e o câncer, chegou a estremecer a campanha, até então um sucesso no país.

Facebook e Twitter: @feltrinoficial

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.title}}

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo