Coluna

Ricardo Feltrin

Em negociação, canais da Simba oferecem "caminhão" de mídia às operadoras

Reprodução Twitter
Disputa entre operadoras e Simba virou até "meme" com Marcelo de Carvalho, dono da Rede TV! Imagem: Reprodução Twitter
Ricardo Feltrin

Ricardo Feltrin é colunista do UOL desde 2004. Trabalhou por 21 anos no Grupo Folha, como repórter, editor e secretário de Redação, entre outros cargos.

Colunista do UOL

02/04/2017 17h49Atualizada em 02/04/2017 17h49

Engana-se quem pensa que a negociação dos últimos dias entre Record, SBT e RedeTV! (por meio da Simba) e as operadoras se limita apenas às TVs fazendo exigências financeiras por seus sinais HD e, às operadoras, apenas aquiescer ou recusar.

A negociação é bem mais complexa e não se poderia esperar outra coisa de um negócio que pode movimentar  centenas de milhões de reais anuais a partir deste ano.

Recapitulando: Record, SBT e RedeTV! querem ser remuneradas pela cessão de seus sinais HD às operadoras, que sempre incluíram esses canais em todos os seus pacotes sem qualquer contrapartida. As operadoras, que já remuneram Globo e Band, não querem mais esse gasto milionário. Com o fim do sinal analógico, a regra permite a todos os canais negociar seus sinais.

O impasse durante as negociações levou essas três emissoras na última quinta-feira a bloquear seus sinais para operadoras como Sky e Net, as maiores do país, prejudicando milhões de assinantes na Grande SP

Para tentar atrair as operadoras de volta à mesa, a Simba estaria oferecendo às operadoras um verdadeiro “caminhão de mídia”, segundo apurou a coluna neste domingo.

Ou seja, os canais querem ser remunerados, mas também oferecem às operadoras o que têm de mais valioso: o caríssimo espaço publicitário na TV aberta. Em outras palavra, visibilidade e mercado.

Então é possível que, depois de um começo intransigente dos dois lados, as negociações avancem esta semana.

Desde quinta-feira, quando começou a era 100% digital e os sinais HD dos canais da Simba foram cortados das operadoras na Grande São Paulo, as tratativas ao menos “andaram” com a Net, segundo fontes ouvidas pela coluna neste fim de semana.

Além da Vivo, única operadora que ainda transmite os três canais na Grande SP (embora ainda não tenha fechado acordo definitivo), a Net agora também está a propensa a conversar com os canais.

A operadora gasta dezenas de milhões de reais por ano em propaganda na TV. Por que não fazer uma permuta?

Das operadoras, a única ainda resistente inclusive a novas conversas com a Simba, até este domingo, é a Sky.

Face, twitter, instagram: @feltrinoficial

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Facebook Messenger

Receba as principais notícias do dia. É de graça!

Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Colunas - Ricardo Feltrin
Topo